Ex-secretário de Governo é procurado por participação em esquema bilionário

Arquivo / Alagoas 24 Horas

O Ministério Público da Paraíba (MPE/PB), por meio do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), cumpre na manhã desta quarta-feira (9) mandado de prisão contra o ex-secretário de Promoção da Paz de Alagoas (Sepaz), Jardel Aderico da Silva.

Jardel atuou a frente da Sepaz durante o governo de Teotonio Vilela Filho (PSDB). O ex-secretário não foi localizado pelo Gaeco. Além do mandado de prisão, o MPE/PB também cumpriu um mandado de busca e apreensão.

A operação, denominada “Calvário”, tem como objetivo desarticular uma organização criminosa acusada de práticas de lavagem de dinheiro e desvios de recursos públicos da educação na Paraíba. O MPE/PB informou que os valores ultrapassam R$1 bilhão.

Ao todo, a Operação Calvário cumpriu 27 mandados de prisão e de busca e apreensão nos estados de Alagoas, Paraíba, Rio de Janeiro, Paraná e São Paulo.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *