Deputada destaca importância do planejamento e estrutura para educação de qualidade

Assessoria

A deputada Jó Pereira (MDB) usou a tribuna na sessão desta terça-feira, 15 de outubro, na Assembleia Legislativa de Alagoas, para homenagear os professores e destacar a importância do planejamento, da estrutura e da infraestrutura nas unidades educacionais e em seu entorno, para o ensino de qualidade, a prática de esportes, formações técnicas e envolvimento cultural e científico.

“Como parlamentar, não devo apenas homenagear, pois temos a missão aqui de fazer sempre e sem descanso, sem tréguas, sem hiatos, sem concessões, a defesa desses profissionais, e muito mais ainda, da educação. E por lutar e trabalhar por uma educação pública de qualidade, inclusiva, tecnológica, gratuita para todos e transformadora, que relembro a importância desses profissionais”, destacou a deputada.

Segundo ela, o palco dessa transformação deve ser o mais básico e estratégico local de trabalho, uma boa e equipada sala de aula. “Parece uma coisa simples e elementar, mas o Brasil e Alagoas ainda estão longe de dar isso aos seus alunos. Não é só a sala de aula que forma uma escola eficiente. Precisamos do berçário, da quadra de esporte, da sala de música, das salas de artes e cultura, dos laboratórios, do refeitório, com a merenda de qualidade com produtos naturais e da terra, dos espaços de recreação, biblioteca, brinquedoteca, sala de reforço escolar, de apoio aos alunos portadores de deficiência, de apoio a saúde mental e física dos estudantes, aos pais e mestres, sala do conselho escolar… Espaços abertos e de convívio para serem usados em parceria com a comunidade escolar e as famílias dos alunos”, completou.

Planejamento

Referindo-se ao antigo Cepa (Centro de Estudos e Pesquisas Aplicadas), Jó lembrou que ele foi criado, em Maceió, como um espaço multidisciplinar e integrado, visando dar aos alunos tudo em um só local, em um ambiente dotado de toda infraestrutura para o ensino de qualidade, a prática de esportes, formações técnicas, envolvimento cultural e científico.

“Muitos importantes alagoanos de todas as classes frequentaram a escola no antigo Cepa, e com certeza têm orgulho desse tempo, pela contribuição a sua formação. Hoje a realidade é outra, sobram problemas, dificuldades, e os alunos em sua maioria não são mais os do entorno, e sim de todas as periferias e bairros distantes da capital, o que dificulta o deslocamento… Hoje, a concepção integrada e multidisciplinar não resistiu aos anos de falta de planejamento, investimento e prioridade. E é quase inexistente o pensado ou está fora de uso contínuo pelos estudantes. Uma pena, uma realidade”, lamentou.

“Ainda é preciso salientar a necessidade de sistemas pedagógicos, recursos audiovisuais, material em quantidade e qualidade de usos em atividades, capacitação continua de todos os envolvidos na educação, prioridade de recursos em orçamentos e também em sua execução, e respeito aos planos nacionais, estaduais e municipais de educação, através de constante monitoramento e revisão de metas, considerando diagnósticos sérios e comprometidos com o aluno. As prioridades são nossas crianças, adolescentes e os adultos desejosos de recuperar o tempo perdido em suas vidas, construindo assim um presente melhor e um futuro mais digno para todos”, prosseguiu a parlamentar.

Ela pontuou ainda que a prioridade de todos em relação à educação, já tem que ser demonstrada no entorno das unidades escolares, com ruas pavimentadas, calçadas sinalizadas, iluminação pública eficiente, segurança, controle de tráfego, saneamento básico e acesso à internet de banda larga, entre outros pontos.

A deputada citou, como exemplo de prioridade estratégica, o planejamento do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep), “identificando os bolsões de comunidades abaixo da linha de pobreza, onde encontramos a pobreza extrema, e que estabeleça uma ação transformadora multisetorial, tendo a educação como carro chefe. Chegando lá, escolas completas, sistema educativo completo, profissionais valorizados e capacitados, pois esse é o único caminho da real transformação de nossa Alagoas”.

“Tenho certeza que quando os mais vulneráveis alagoanos e o seu futuro forem tratados dessa forma, estaremos escrevendo o início de um desenvolvimento sustentável… Essa meta, estabelecida um dia, será a maior homenagem que essa Casa pode deixar como legado para os profissionais da educação, fazer da missão deles, a transformação de nosso estado”, finalizou.

Jó Pereira foi a autora da emenda aditiva ao projeto de lei, de origem governamental, que cria o Prêmio Escola 10. Derrubada em plenário, a emenda determinava que os recursos da premiação fossem utilizados exclusivamente na Educação, visando melhorar a qualidade e os índices educacionais nos municípios alagoanos.

Crime brutal

Ao iniciar seu pronunciamento, a parlamentar lembrou o assassinato do menino Davi, de 7 anos, ocorrido no final de semana passado, no Clima Bom, em Maceió, apelando para que as investigações transcorram de forma célere: “Não existe dor maior que a perda, a morte, de um filho, principalmente nós, mulheres, sentimos essa dor como um pedaço nosso que deixa a vida. O Estado precisa elucidar o bárbaro crime dessa criança de apenas sete anos. Os pais querem justiça, a comunidade quer justiça, todos nós esperamos por justiça”.

Apartes

Em aparte, o deputado Cabo Bebeto repercutiu o assassinato da criança e também colocou a Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública, da qual é presidente, à disposição da família da vítima e das polícias. Destacando que as forças de segurança estão empenhadas na elucidação do crime, ele apelou para que possíveis testemunhas ajudem nas investigações, por meio do Disque Denúncia (181).

Antonio Albuquerque reforçou o apelo do Cabo Bebeto para que a população ajude a polícia a localizar os suspeitos do assassinato de Danilo.

Também em apartes, Davi Davino e Inácio Loiola parabenizaram os professores e o pronunciamento de Jó, lembrando que esses profissionais são ferramentas de transformação e a educação é fundamental para o desenvolvimento de qualquer país.

 

Fonte: Ascom deputada Jó Pereira

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações