Centenas acompanham enterro de soldado confundido com ladrão

Reprodução

Soldados alagoanos participaram de sepultamento

Centenas de pessoas acompanharam o sepultamento do soldado da Polícia Militar de Alagoas, Willian da Silva de Farias, de 25 anos, que morreu após ser baleado por um militar de Pernambuco, ao ser confundido com um assaltante. O crime ocorreu dentro de uma van, na cidade de Caruaru, no domingo (27).

O sepultamento ocorreu nesta terça (29) na cidade de São Sebastião de Lagoa da Roça, no agreste da Paraíba. O corpo do militar foi velado na Câmara da cidade e o enterro contou com a presença de militares alagoanos do Batalhão de Eventos, onde o soldado Farias era lotado, na capital alagoana.

O comandante do BPE, tenente-coronel Eliezer, informou que a corporação irá acompanhar a investigação. O autor do disparo foi identificado como soldado Gustavo Gomes, lotado no 1º Batalhão Integrado Especializado de Policiamento. A arma do militar alagoano foi entregue à Polícia Militar e não teria sido utilizada no episódio.

 

 

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *