Policial civil é preso suspeito de matar torcedor do Goiás após jogo contra o Flamengo

Helenio Rodrigues Cardoso Filho morreu após ser baleado em jogo contra o Flamengo, em Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Um torcedor do Goiás de 30 anos morreu nesta sexta-feira (1°) após ser baleado na saída do jogo contra o Flamengo, em Goiânia. Um policial civil foi preso suspeito de ter atirado em Helenio Rodrigues Cardoso Filho. O crime aconteceu no estacionamento do Estádio Serra Dourada.

Segundo a PM, o crime aconteceu após um desentendimento entre torcedores rivais após o jogo, que terminou empatado em 2 a 2. Segundo a Polícia Militar, o Helenio chegou a ser socorrido e levado para o Hospital de Urgências de Goiânia. Porém, ele acabou morrendo durante uma cirurgia.

Já o policial foi preso em flagrante. Em nota, a Polícia Civil informou que Gabriel Tortura Chaves foi autuado, inicialmente, pelo crime de homicídio tentado. Ele foi levado à Central de Flagrantes, teve sua arma apreendida e já foi levado para a Delegacia de Investigação de Homicídios.

Familiares disseram que Helenio fazia parte de uma torcida organizada do Goiás e que estão muito abalados com o que aconteceu.

Fonte: G1

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *