Identificadas vítimas de grave acidente que deixou três mortos e três feridos na BR-104

Grupamento Aéreo

As três vítimas fatais do grave acidente registrado na tarde desta  segunda-feira, 11, na BR-104, em União dos Palmares, foram identificadas como sendo Rafael Felismino dos Santos, 26 anos, Eliziane Ferreira e Gabriel Ferreira da Silva.

Segundo dados policiais, eles estavam no Corolla vinho, de placa placa MVI-0011 de União dos Palmares, que colidiu frontalmente com o Uno Way vermelho, de placa MMO-8485 de Ibateguara, durante uma ultrapassagem. Com o impacto, Eliziane e Gabriel, que são mãe e filho, morreram logo após o acidente e outras quatro pessoas ficaram feridas.

Ainda no local da colisão, os feridos receberam atendimento pré-hospitalar de unidades do Samu e Corpo de Bombeiros. Rafael Felismino chegou a ser levado por uma equipe do Samu ao Hospital São Vicente de Paulo, mas não resistiu aos ferimento e entrou em óbito.

Já os ocupantes do veículo Uno – identificados como Cassia Carla Silva de Araújo, 28 Anos, seu esposo, Tiago José da Silva, 30 Anos, e uma menina de 2 anos – ficaram feridos e foram encaminhados ao Hospital Geral do Estado em Maceió.

Grupamento Aéreo

Conforme dados repassados pelo médico do Serviço Aeromédico,  Reginaldo Melo, no local do acidente, os paramédicos realizaram todos os procedimentos para estabilizar as vítimas. “Fizemos os primeiros socorros para estabilizar as vítimas. A paciente mais grave era uma jovem de 27 anos, que apresentava um traumatismo cranioencefálico (TCE) grave, queimaduras nos braços e abdômen. Pela gravidade, ela foi entubada e transportada pelo Falcão 05 para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió”, explicou o médico.

O Hospital Geral do Estado (HGE) informou ao Alagoas 24 Horas que os feridos deram entrada na unidade hospital um pouco depois das 15h. Cássia Carla sofreu politraumatismo e o estado de saúde é considerado grave. Seu marido, Tiago José, passou por exames de imagem após apresentar escoriações e fratura na perna direita e a filha do casal, de 2 anos, também passou por exames de imagem. Pai e filha seguem estáveis.

Grupamento Aéreo

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *