Depois do futebol, sites de apostas mergulham em e-sports

Jogos eletrônicos ganham atenção de apostadores e já movimentam milhões de dólares

Divulgação

O sucesso dos e-sports tem mudado a rotina dos sites de apostas pelo mundo. Se antes o padrão era ficar ligado no que acontecia nos campos de futebol, a moda agora é ficar atento no que jovens, a maioria deles entre 17 e 30 anos, fazem em telas de computadores. Os Overwatch betting site na Buff.bet tem sido cada vez mais acessados por quem deseja ganhar dinheiro com os jogos eletrônicos.

Atualmente, a Overwatch League é um dos principais jogos disponíveis nos mercados eletrônicos. O Overwatch site é responsável por divulgar todos as novidades da modalidade. A última delas foi a divulgação do jogo para Nintendo Switch neste mês.

Atualmente, esse mercado movimenta quase 12 bilhões de dólares (R$ 49 milhões de reais), segundo pesquisa da empresa NJGames e divulgada pelo site igamingbrazil.com.

As apostas funcionam em um sites de odds, que atuam como multiplicadores do valor depositado. “Se o odd sobre a vitória de uma equipe for de 2.00 e o apostador investir R$ 10 em um time em uma determinada partida, receberá R$ 20 se acertar o vencedor do confronto. De acordo com o momento e tradição das equipes, a cotação dos odds muda”, informa uma reportagem do portal TechTudo.

Segundo site venture beat, as estimativas de crescimento apontam para mais de 16 bilhões de dólares (cerca de R$ 50 bilhões) em apostas anuais nos próximos anos. Ainda segundo o site, a proposta em apostar nos jogos de esports está não só na possibilidade de ganhar dinheiro, mas de aumentar o número de torcedores que acompanham jogos como Counter Strike, Overwatch, League of Legends, entre outros.

No início do mês passado, Alexandre Manoel da Silva, secretário de Avaliação, Planejamento, Energia e Loteria do Ministério da Economia, afirmou que o governo planeja apresentar uma minuta de regulamentação das apostas esportivas no Brasil.

“Foram 1.849 propostas. Mesmo com algumas repetidas, foram cerca de 600 propostas reais, o que mostra o quanto esse mercado é vibrante e precisava de regulamentação”, afirmou, segundo o site Games Magazine.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, Somente maiores de 18 anos poderão apostar. Além disso, “o dono da casa, o operador, precisa ser pessoa jurídica ou consórcio e deixar uma reserva de R$ 6 milhões à disposição do governo como garantia para pagamentos dos prêmios.”

Atualmente, existem mais de 400 sites internacionais que realizam apostas esportivas, segundo reportagem da revista Exame. Ainda que a lei não seja regulamentada no Brasil, o jogador brasileiro pode apostar normalmente nestes sites. “As apostas somente são concretizadas quando os dados da transação financeira são confirmados pelo servidor da operadora internacional. Com efeitos práticos, a aposta é feita em regime estrangeiro”, diz o texto.

Ainda segundo a publicação, estima-se que o mercado de apostas esportivas on-line tem potencial para movimentar anualmente, pelo menos, 6 bilhões de reais. “Em primeira análise, é um movimento bilionário livre da tributação”, informa a reportagem. “O que significa que uma revisão legal poderia representar o aumento de, aproximadamente, 2,7 bilhões de reais aos cofres da União.”

Fonte: Assessoria

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *