Homem é assassinado a facadas próximo a centro espírita em Maceió

Um homem foi alvo de um homicídio no final da noite dessa sexta-feira (15) nas imediações de um centro espírita situado no Vergel do Lago, em Maceió. Uma guarnição do 1º Batalhão da Polícia Militar de Alagoas (1 º BPM) foi acionada no local.

Segundo as informações que constam no relatório de ocorrências do Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp) a vítima, um homem alto, magro, que trajava bermuda colorida e camisa marrom, foi foi esfaqueado no abdômen e, em seguida, socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde ainda deu entrada com vida, no entanto, devido às gravidades do ferimento, não resistiu e morreu na unidade de saúde.

A vítima ainda não foi identificada oficialmente e nenhum suspeito de cometer o crime foi encontrado até o momento.

Veja Mais

4 Comentários

  • Vitima says:

    Todos os dias tem assassinato no bairro do Vergel,as facções travam uma luta ferrenha pelo controle do trafico de drogas nessa região da Orla Lagunar onde tem dois corpos no fundo da Lagoa Mundaú que foram jogados já sem vida mortos à golpe de faca peixeira pala facção PCC do conjunto Virgens dos Pobres 1,os traficantes matam quase na porta do Primeiro Batalhão da PM e está ficando por isso mesmo,o Secretario Lima Junior não toma providencias para saturar o bairro e à facção PCC matando todo santo dia.

    • MAURÍCIO says:

      Tem 3 anos que o 1* Batalhão não está mais na orla Lagunar… E Ninguém sabe Se vcs querem polícia por perto, pois qnd chegam são hostilizados. O Lema do Povão é : POLÍCIA PERTO ENCOMODA, LONGE FAZ FALTA.

  • Sururu says:

    No bairro do Vergel os vagabundos não tem medo de policia os caras matam no meio da rua meio dia em ponto,essa tal de facção PCC tem os piores bandidos eles executam e jogam os corpos na lagoa e nos mangues,tem uns três sumido que foi sequestrado por essa facção de traficantes.

  • Comerciante says:

    Está sendo muito difícil para os policias entrarem no conjunto Virgens dos Pobres,tem muito olheiros dos traficantes para dá informações via whatzapp, os populares ficam refém das facção PCC porque quando os filhos ficam doentes quem compra medicamento são os traficantes,quem promove festas e fogos de artifícios e dá lanche para à comunidade são os traficantes,o serviço de inteligencia da policia é falho e os olheiros já sabem quando estão sendo investigado,á policia deve mudar de tática se não não vai mais prender ninguém no bairro do Vergel onde está entrando muitas drogas da facção PCC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *