Titular contra a Coreia, Lodi quer vitória para Tite: ‘O trabalho é bem-feito’

Reprodução / SporTV

Substituto de Alex Sandro na lateral esquerda da seleção brasileira no amistoso contra a Coreia do Sul, nesta terça-feira, em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, Renan Lodi prometeu que, se virá, a vitória será dedicada ao técnico Tite, alvo de críticas constantes em razão dos maus resultados em sequência nos últimos jogos.

“Essa vitória vai ser para ele, estamos trabalhando para que essa vitória venha, está aí na frente, faltam dois dias, tenho certeza que vai ser totalmente diferente do que foi contra a Argentina. A vitória será para ele, que está apoiando todo mundo, é um pai para todo mundo. Essa vitória vai chegar”, disse em entrevista coletiva neste domingo Renan Lodi, que elogiou o trabalho de Tite. Para ele, o treinador tem feito um bom trabalho apesar do jejum de vitórias – três empates e duas derrotas.

“Depois da Copa América estão vindo resultados não tão bons para a gente, mas o trabalho do Tite está sendo bem-feito, todo mundo está fazendo o que ele pede. Não tem ninguém de sacanagem, fazendo corpo mole, estamos dando a vida em campo. É coisa do futebol, logo virá a vitória, sairá esse peso”, declarou.

Renan Lodi será titular no Brasil pela segunda vez. Ele ganhou a primeira oportunidade no amistoso contra a Nigéria, em outubro, que terminou em 1 a 1. Contra a Argentina, jogou alguns minutos no segundo tempo. Desta vez vai substituir Alex Sandro, que sofreu uma lesão muscular no adutor da coxa esquerda. O jogador do Atlético de Madrid apresentou as suas credenciais, indicando as diferenças de seu jogo para o do companheiro.

“Eu sou um jogador muito agressivo ali pelo lado, a minha parte defensiva estou melhorando bastante, lutando para isso. A minha diferença para o Alex é que eu sou um cara que apoia mais, tem facilidade para chegar no fundo, creio que vai ser mais nessa parte ofensiva, de chegar mais, buscar o 1 contra 1, essa característica”, explicou.

A pressão em Tite e no elenco do Brasil é algo novo para Renan Lodi. O ex-jogador do Athletico-PR vê a situação com normalidade e confia na vitória contra os sul-coreanos no último amistoso da equipe no ano para quebrar a pior sequência de resultados desde 2012 e trazer mais tranquilidade ao ambiente.

“Como sou um jogador muito novo, estou vivendo isso há pouco tempo. Não costumo ver essas coisas de pressão, xingamentos. Você estando mal, vão te xingar. Estando bem, vão criticar do mesmo jeito. Costumo não ver isso, acaba atrapalhando também. Procuro dar sequência no trabalho, que está sendo bem-feito, logo a vitória virá”, opinou.

Fonte: Terra

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *