Messi conquista 6ª Bola de Ouro, deixa Ronaldo para trás e se isola como maior vencedor da história

Miguel Ruiz / FCB

Leonel Messi

Nesta segunda-feira, a revista France Football anunciou o vencedor do seu tradicional prêmio, e o argentino se isolou na lista de ganhadores, deixando para trás Cristiano Ronaldo, com cinco.

O português da Juventus, aliás, não foi a Paris para a premiação. Ele terminou em 3º lugar, atrás de Virgil van Dijk, do Liverpool.

Em setembro, o astro do Barcelona já havia conquistado o The Best, da Fifa. Desde que os dois prêmios se separaram, em 2016, os ganhadores sempre foram os mesmos.

Messi ficou com o troféu no atual formato pela 1ª vez, já que sua última conquista tinha sido em 2015 – as outras foram em 2009, 2010, 2011 e 2012.

“Antes de tudo, quero agradecer os jornalistas que votaram em mim, que me elegeram. Obrigado aos meus colegas do Barcelona, que contribuíram para que eu ganhasse este prêmio. Obrigado pelo reconhecimento. Há 10 anos ganhei a primeira Bola de Ouro em Paris e era impensável para mim tudo o que estava vivendo. Chegou o 6º em um momento totalmente diferente em minha vida pessoal, com minha mulher, com os filhos, e como disse a minha mulher na mensagem, em todo este tempo nunca deixei de sonhar, de crescer, de desfrutar o futebol. Sei da idade que tenho, e vai chegando o momento da aposentadoria, mas quero seguir desfrutando do futebol”, afirmou o craque, em seu discurso de agradecimento.

Na temporada passada, foram 50 jogos, 51 gols, 19 assistências e 141 chances de gol criadas – levando em conta os números de Campeonato Espanhol, Copa do Rei, Supercopa da Espanha e Champions League. Pela 3ª vez consecutiva, e 4ª nos últimos cinco anos, Messi foi eleito o melhor jogador da temporada no LaLiga Awards.

O camisa 10 ainda terminou como artilheiro da Champions, com 12 gols, quatro a mais do que Robert Lewandowski. Em LaLiga, também faturou o prêmio, com 36 gols, 15 a mais do que Luis Suárez e Karim Benzema.

Com mais um excelente desempenho individual, o craque conquistou apenas o Espanhol e a Supercopa da Espanha no âmbito coletivo, tendo visto seu time perder para o Liverpool na semifinal da Champions League e para o Valencia na decisão da Copa do Rei.

Veja como ficou a lista dos 30 finalistas da Bola de Ouro:

  • 1º) Lionel Messi (Barcelona – Argentina)
  • 2º) Virgil van Dijk (Liverpool – Holanda)
  • 3º) Cristiano Ronaldo (Juventus – Portugal)
  • 4º) Sadio Mané (Liverpool – Senegal)
  • 5º) Mohamed Salah (Liverpool – Egito)
  • 6º) Kylian Mbappé (Paris Saint-Germain – França)
  • 7º) Alisson (Liverpool – Brasil)
  • 8º) Robert Lewandowski (Bayern de Munique – Polônia)
  • 9º) Bernardo Silva (Manchester City – Portugal)
  • 10º) Riyad Mahrez (Manchester City – Argélia)
  • 11º) Frenkie de Jong (Ajax/Barcelona – Holanda)
  • 12º) Raheem Sterling (Manchester City – Inglaterra)
  • 13º) Eden Hazard (Chelsea/Real Madrid – Bélgica)
  • 14º) Kevin de Bruyne (Manchester City – Bélgica)
  • 15º) Matthijs de Ligt (Ajax/Juventus – Holanda)
  • 16º) Sergio Agüero (Manchester City – Argentina)
  • 17º) Roberto Firmino (Liverpool – Brasil)
  • 18º) Antoine Griezmann (Atlético de Madrid/Barcelona – França)
  • 19º) Trent-Alexander Arnold (Liverpool – Inglaterra)
  • 20º) Pierre-Emerick Aubameyang (Arsenal – Gabão)
  • 20º) Dusan Tadic (Ajax – Sérvia)
  • 22º) Heung-min Son (Tottenham – Coreia do Sul)
  • 23º) Hugo Lloris (Tottenham – França)
  • 24º) Marc-André ter Stegen (Barcelona – Alemanha)
  • 24º) Kalidou Koulibaly (Napoli – Senegal)
  • 26º) Karim Benzema (Real Madrid – França)
  • 26º) Georginio Wijnaldum (Liverpool – Holanda)
  • 28º) Donny van de Beek (Ajax – Holanda)
  • 28º) João Félix (Benfica/Atlético de Madrid – Portugal)
  • 28º) Marquinhos (PSG – Brasil)

Outros Prêmios 

O zagueiro Matthijs de Ligt, da Juventus (e que disputou a última temporada pelo Ajax), faturou o Troféu Kopa, dado ao melhor jogador sub-21 do futebol europeu.

Ele recebeu a honraria das mãos do atacante Kylian Mbappé, que foi o vencedor da taça no ano passado.

O goleiro Alisson, do Liverpool, foi eleito o melhor goleiro do futebol na Bola de Ouro.

O brasileiro foi o vencedor do primeiro Troféu Yashin, que passou a premiar o melhor arqueiro a partir da edição deste ano da honraria.

Após ter sido bicampeã do mundo com a seleção dos Estados Unidos, artilheira, chuteira de ouro e melhor da Copa do Mundo feminina e melhor do mundo da Fifa pela 1ª vez na carreira, a americana Megan Rapinoe venceu o prêmio de melhor jogadora do mundo.

Lucy Bronze da Inglaterra e do Lyon, ficou em 2º lugar, enquanto Alex Morgan, dos Estados Unidos e companheira de Marta no Orlando Pride, terminou em 3ª.

Com a conquista da sua sexta Bola de Ouro, além de Lionel Messi fez o Barcelona ultrapassar o Real Madrid no prêmio.

Considerando as conquistas de jogadores enquanto atuavam pelo clube, o Barça chegou a 12 vencedores, enquanto o Real Madrid tem 11. As duas equipes são as que mais tiveram vencedores, seguidas por Milan e Juventus, com 8 prêmios cada.

Nas últimas três temporadas, a Bola de Ouro havia sido conquistada por um jogador do time merengue: Cristiano Ronaldo em 2016 e 2017, e Luka Modric em 2018. Já a última conquista de um jogador do Barcelona havia sido justamente com Messi, em 2015.

Messi também quebrou a escrita de que, até 2018, 9 dos últimos 12 vencedores jogavam pelo atual campeão da Champions League. O Barcelona foi eliminado pelo Liverpool nas semifinais da última edição da competição.

Fonte: ESPN

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *