Sem Apodi, CSA tenta adiar rebaixamento no Brasileirão

Ascom CSA

Com o rebaixamento iminente, o CSA terá desfalques importantes para o duelo contra a Chapecoense nesta quarta-feira, às 21h, na Arena Condá, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico interino Jacozinho não poderá contar com o zagueiro Alan Costa, o meia Euller e o polivalente Apodi, que deixou o campo na derrota para o Bahia, por 2 a 1, com uma lesão na coxa.

Por outro lado, o treinador poderá contar com Jonatan Gómez, que cumpriu suspensão automática na última rodada. Ele formará o meio e campo com João Vitor, Nilton e Jean Cléber. Na defesa, Ronaldo Alves atuará ao lado de Castán, enquanto o ataque terá Bustamante e Ricardo Bueno.

Para permanecer na divisão, o CSA terá que torcer por derrotas nos próximos dois jogos de Ceará e Cruzeiro, vencer suas partidas, além de tirar uma diferença de 26 gols de saldo em relação ao clube alvinegro, algo considerado improvável até mesmo para integrantes do elenco.

QUEDA IMINENTE

“Dói no meu coração porque eu sou grato por tudo o que o CSA fez na minha vida. Todas as vezes que precisarem de mim eu vou estar colocando a cara para bater. Sabemos da situação, mas vamos dar o melhor de nós nas duas últimas partidas. Precisamos honrar essa camisa e terminar com a cabeça erguida. Tenho certeza que os erros desse ano não acontecerão mais”, falou o treinador.

O volante Jean Cléber também seguiu a linha do comandante: “Temos que pedir desculpas aos nossos torcedores e vamos pensar nesses dois últimos jogos para terminar da melhor forma possível”, concluiu.

O CSA está atualmente na 18ª colocação, com 32 pontos, contra 38 do Ceará, o primeiro fora da zona de rebaixamento.

O provável CSA tem: Jordi; Dawhan, Ronaldo Alves, Luciano Castán e Rafinha; João Vitor, Nilton, Jean Cléber e Jonatan Gómez; Bustamante e Ricardo Bueno.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *