Concurso de cartórios: provas serão aplicadas sábado e domingo, às 9h

Candidatos devem comparecer com antecedência de 30 minutos; certame é organizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ)

Sob responsabilidade do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o concurso para escolha das vagas de titularidade de cartórios em Alagoas será realizado sábado (7) e domingo (8), em Maceió, em seis locais. Os portões serão fechados às 9h e os candidatos devem comparecer ao local com antecedência mínima de 30 minutos.

Além do comprovante de inscrição, os participantes devem portar documento de identidade, que pode ser RG, CNH ou carteira de exercício profissional emitida por órgãos criados por lei federal. Mais instruções sobre a prova estão no edital, publicado no Diário da Justiça Eletrônico (DJE). Acesse aqui e verifique a sala de cada candidato.

Provas para remoção e provimento de cartórios

De acordo com a comissão do concurso para delegações de notas e registro de Alagoas (cartórios extrajudiciais), sábado (7), às 9h, será aplicada a prova para o critério de remoção. Para o critério de provimento, a prova será aplicada no dia 8 de dezembro, também às 9h.

No dia 7 (sábado), as provas ocorrerão na Unidade Farol do Centro Universitário Maurício de Nassau (Uninassau), que fica na rua José de Alencar, 511, em Maceió.

No dia 8 (domingo), serão cinco locais de prova: Uninassau do Farol; Faculdade de Tecnologia de Alagoas (FAT) (avenida Muniz Falcão, nº 1.200, Barro Duro); Faculdade Estácio de Alagoas (avenida Pio XII, nº 70, Jatiúca); Faculdade Raimundo Marinho (avenida Doutor Durval De Goes Monteiro, nº 9757, Tabuleiro do Martins) e Colégio Intensivo (rua Doutor Messias De Gusmão, nº 211, Pajuçara).

Certame oferece 212 vagas na capital e interior

Das 212 vagas oferecidas, 12 foram reservadas para deficientes físicos. “Conforme determinação da resolução nacional, a reserva é da ordem de 5% das vagas oferecidas, em cada um dos grupos em que se divide o concurso”, explicou o desembargador Marcelo Berthe (TJSP). Ele preside da comissão do concurso, organizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

O desembargador Tutmés Airan, presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), considera que o concurso para outorga de delegações é um “sopro republicano”. “A coisa se deu de forma absolutamente transparente e honesta, como tem de ser, e agora é aguardar a realização do concurso, tão esperado pela população de Alagoas”, disse.

Alagoas possui 242 cartórios extrajudiciais. Entre eles, 30 foram reconhecidos como providos. Das 212 vagas abertas, 142 são de provimento. As outras 70 são de remoção, isto é, estão disponíveis para pessoas que já exerçam titularidade de registro ou notarial em Alagoas.

Fonte: TJAL

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *