Quem deve ser o substituto de Sampaoli no Santos? Holan, Beccacece e Osorio são opções

Getty Images

Na agitada noite da última terça-feira, o Santos anunciou que Jorge Sampaoli não será o treinador do Alvinegro Praiano para 2020. O clube comunicou que o argentino pediu demissão após reunião que aconteceu ainda durante o dia. Os pedidos do técnico para a próxima temporada e a relação desgastada com o presidente José Carlos Peres culminaram no desligamento e contribuíram para o clima quente do encontro, com direito a ofensas e dedo em riste, segundo a ESPN.

Agora, o Santos se volta para 2020 sem saber quem será seu treinador. Seguindo o sucesso da empreitada Sampaoli, a equipe paulista parece procurar outro estrangeiro para o cargo: de acordo com o Globoesporte.com, alguns dos nomes que interessam ao Santos são Ariel Holan, Sebástian Beccacece, Juan Carlos Osorio, Miguel Ángel Ramírez e José Pékerman.

Segundo Paulo Vinícius Coelho, Ariel Holan era o alvo principal do Santos no começo de 2019, antes mesmo de a equipe contactar Jorge Sampaoli. Livre no mercado desde sua saída do Independiente, o argentino parece ser o favorito para comandar o Alvinegro Praiano em 2020.

Sebástian Beccacece, ironicamente, foi o sucessor de Holan no Defensa y Justicia, e encantou o mundo do futebol com o seu “Ataque y Justicia”, montando um esquema ofensivo e vertical, mesmo treinando uma equipe menor do futebol argentino. Era ele o treinador quando o El Halcón eliminou o São Paulo na primeira fase da Copa Sul-Americana.

Destes nomes, Juan Carlos Osorio é o único que já tem experiência como técnico no Brasil: o “Profe” treinou o São Paulo por alguns meses em 2015, mas acabou saindo por divergências com o presidente do clube naquele momento, Carlos Miguel Aidar. Ofensivo, gosta de usar a base e tem um “quê” de professor pardal. Ainda é muito querido pela torcida são-paulina.

Miguel Ángel Ramírez vem de grande trabalho no Independiente del Valle: o espanhol consolidou o projeto de longo prazo do clube, e com um time de garotos, conseguiu vencer a Copa Sul-Americana de 2019, além de terminar em quinto lugar no Campeonato Equatoriano. Também foi especulado no Atlético-MG.

Com 70 anos, José Pékerman não é mais nenhum garoto: o veterano já tem quase 40 anos só como treinador, e é conhecido por ser muito bom em trabalhar com jovens. Nas seleções argentina e colombiana, realizou projetos de longo prazo onde rejuvenesceu os elencos das equipes e revelou inúmeros jogadores.

Outro nome que interessa à diretoria do Santos, segundo o UOL, é Jorge Desio, auxiliar de Sampaoli em sua passagem no Alvinegro Praiano. Assim, a equipe paulista teria a concorrência do seu ex-treinador, que não quer perder o profissional em sua comissão técnica.

Desta maneira, fica claro que o Santos tem interesse na continuidade do projeto de Sampaoli, talvez com um olhar ainda mais clínico para a base.

Fonte: Terra

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *