Moradores transformam área abandonada em ‘praça’ com livros e brincadeiras para crianças

Mais de 100 livros foram doados para o local revitalizado pelos moradores — Foto: Reprodução/TV Globo

A Rua Caibar Schutel, no bairro da Várzea, na Zona Oeste do Recife, era conhecida pelo acúmulo de mato e mosquitos. O olhar atencioso de um morador deu início à transformação do local e a comunidade ganhou um lugar para descansar, brincar e ler em uma “praça” criada por quem mora na área.

Eduardo Rodrigues começou a transformação praticamente sozinho. “Eu passava pelos bairros e via projetos de praça, livraria. Deus tocou no meu coração e eu disse: ‘Vou trazer isso para cá'”, contou.

De acordo com o analista de sistemas Rafael de Assis, antes da iniciativa, não havia como ficar no local. “Era tudo jogado, tinha vidro, garrafa quebrada, esgoto transbordando”, afirmou.

Algumas idas ao borracheiro foram suficientes para conseguir alguns pneus velhos, que ganharam uma pintura nas cores da bandeira do Brasil para decorar e cercar o espaço. Aos poucos, a ideia contagiou outros moradores. “Eles foram animando, um deu a tinta e aos pouquinhos fomos criando o espaço. A turma toda apoiando”, disse.

A artesã Adriana Conceição, por exemplo, decorou os muros. “A gente está precisando preservar a natureza para o futuro. Eu pensei em algo que trouxesse muita alegria e vida”, contou sobre as flores que pintou.

Além da arte, a praça conta com amarelinhas pintadas no chão, bancos para descanso e uma geladeira quebrada, que serve como armário para a “biblioteca” da rua. Foram doados mais de 100 livros para o local.

Ver a comunidade unida e o resultado dessa união deixaram Eduardo orgulhoso. O local, porém, não pode ser chamado oficialmente de praça e demanda atenção do poder público. “Eu nunca fiz nada de tão bonito. […] Mas existe uma necessidade muito grande de canaletas e iluminação”, declarou.

Em nota, a Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb) informou que fez uma vistoria na área e que vai elaborar um orçamento para iluminar o espaço, mas não deu um prazo para a realização do serviço.

Fonte: G1

Veja Mais

Deixe um comentário

Vídeos