Mulher forja hérnia no filho para levar droga para marido no presídio

Uma mulher, que não pode ter a identidade divulgada devido à Lei de Abuso de Autoridade, foi presa na tarde deste domingo (12) acusada de tentar introduzir droga no Presídio Baldomero Cavalcanti.

Segundo informações repassadas pelos agentes penitenciários, a mulher teria usado o próprio filho de seis anos para entrar com a droga. Os agentes realizaram o procedimento de body scan na mulher e não encontraram nada.

Além do menino, uma menina de três anos também visitaria o pai. Como as crianças não podem passar por revista íntima, a mulher usou o menino para tentar entrar com 300g de maconha. O volume, no entanto, chamou a atenção dos agentes. A droga seria entregue ao reeducando Jefferson Tenório Luiz.

A mulher ainda tentou alegar que a criança possuía uma hérnia umbilical, contudo, ao tirar o short, a droga foi encontrada. A suspeita foi encaminhada a Central de Flagrantes, onde foi autuada por tráfico. O Conselho Tutelar deverá ser acionado para avaliar a situação dos menores.

Veja Mais

1 comentário

  • Tanque says:

    As mulheres dos detentos são obrigada pelas facções fazerem uso de crianças para trasportar drogas até nas ruas mesmo,ou levam as drogas ou o marido que já está preso e é fraquinho morre enforcado ou furado de punhal feito dentro do próprio presidio,elas dão graças à Deus quando são presas levando drogas porque o marido não vai morrer,é um sofrimento muito grande e tem detentos que saem e ainda apronta para voltar para o inferno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *