Justiça solta integrante de quadrilha que planejou ataque a comerciante do Ceasa

Ascom

Operação encruzilhada apreendeu armas e munições

A juíza da comarca de Santa Luzia do Norte, Paula de Góes Brito, concedeu a soltura do único preso da Operação Encruzilhada, deflagrada na semana passada, pela Divisão Especial de Investigação de Capturas (Deic) em parceria com o Bope, que frustrou o assalto a um comerciante do Ceasa.

Na decisão, a juíza argumenta que o preso não oferece ameaça à sociedade e acredita que sua soltura não vai comprometer ou causar obstrução no processo de investigação.

A juíza também determinou a adoção de medidas cautelares, a exemplo do uso de monitoramento eletrônico através de tornozeleira eletrônica.

Durante a operação, três pessoas morreram na troca de tiros contra as forças policiais e um quarto integrante do bando fugiu. A polícia afirma que há membros da quadrilha que são naturais do estado de Pernambuco.

Reprodução

Operação Encruzilhada

 

Veja Mais

2 Comentários

  • Chega says:

    Parabéns à juíza que vive em outro planeta.

  • de olho says:

    se tivesse sido no fórum ou na casa de algum dessa corja da justiça eu queria ver qual seria a reação da juiza mais como vivem cercados de segurança paga por nós é dificil acontecer com algum deles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *