Alagoano é morto pela polícia paulistana durante operação

Arquivo pessoal

David foi morto durante operação policial em SP

O técnico David Oliveira Leite, de 28 anos, morreu ao ser baleado na noite da última sexta (10), na Marginal Pinheiros, zona oeste de São Paulo. Técnico de telefonia, a vítima finalizava atendimento para voltar para casa.

Deivid, que é natural de Palmeira dos Índios, no agreste de Alagoas, foi atingido durante uma perseguição policial. Uma mulher de 50 anos também foi baleada. A polícia perseguia suspeitos que estavam em um Ford Focus.

A vítima chegou a ser socorrida, mas morreu devido à gravidade dos ferimentos. Ele foi enterrado em São Bernardo do Campo.

A Polícia Militar informou por meio de nota à InPress que “as circunstâncias da ocorrência serão apuradas no inquérito policial e no Inquérito Policial Militar instaurados”

Veja Mais

1 comentário

  • Josuel says:

    A Polícia Militar paulista pode inventar um monte de mentiras contra o alagoano, pode dizer que o trabalhador estava armado, pode dizer que ele atirou contra a guarnição, pode dizer que ele traficava drogas, pode até dizer que ele era nordestino: tudo para tentar justificar seu despreparo e crueldade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *