Mulher de 63 anos segura bandidos para filho fugir e acaba assassinada

Inter TV Cabugi - Arquivo

Inter TV Cabugi – Arquivo

Uma mulher de 63 anos foi assassinada a tiros ao tentar segurar criminosos que queriam executar o filho dela. O caso aconteceu em uma comunidade rural do município de São Miguel, na região Oeste potiguar, na noite desta terça-feira (14). O jovem conseguiu fugir.

A vítima foi identificada como Maria Florência do Carmo, de 63 anos. De acordo com a Polícia Civil, era por volta de 21h45 quando quatro homens chegaram ao imóvel na comunidade Nossa Senhora de Guadalupe, também conhecida como Vila do Oiteiro, em dois carros.

Eles invadiram a casa onde estavam Maria e o filho, mas a mulher implorou que os homens não matassem o jovem e tentou segurá-los, para que o rapaz fugisse. Os homens atiraram várias vezes contra a vítima, que morreu no local antes de qualquer socorro médico.

O filho de Maria Florêncio conseguiu fugir e se apresentou à polícia na manhã desta quarta-feira (15) para prestar depoimento. De acordo com a polícia, ele tem envolvimento com crimes, o que pode ter motivado o atentado.

Esse foi o segundo assassinato registrado no município em 2020. Após matarem a vítima, os criminosos fugiram e não foram localizados até o início da tarde desta quarta-feira (15).

Fonte: G1

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *