Greve na Veleiro: Maceioenses devem ficar sem ônibus por tempo indeterminado

Sindicato informou que não houve sinalização de negociação por parte de empresários

Jorge Farias / Alagoas 24 Horas

A paralisação de motoristas e cobradores da empresa Veleiro deve continuar por tempo indeterminado. Sem circular desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira, 16, os ônibus devem permanecer parados até que a questão salarial dos trabalhadores seja resolvida. De acordo com Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado de Alagoas (Sinttro), até o momento não houve sinalização de negociação por parte dos empresários.

Essa é sexta vez que os trabalhadores da Veleiro cruzam os braços por causa do atraso de salário e outros benefícios garantidos os trabalhadores desde 2018. Segundo eles, estão sem receber férias e as pensões, que são descontadas diretamente da folha, não estão sendo repassadas corretamente.

Com a decisão, cerca de 60 ônibus, que atendem 15 linhas em Maceió, não foram às ruas hoje, deixando a população, que foi pega de surpresa, desassistida. Somente as linhas fazem Maceió – Rio Largo operaram normalmente.

O diretor sindical, Sandro Régis, explicou que os pagamentos de dezembro estão atrasados e que os veículos só retornarão às ruas quando o pagamento atrasado for feito aos funcionários, mas que até o momento, não houver nenhuma sinalização por parte da empresa sobre quando os pagamentos serão regularizados.

Ainda segundo Régis, a situação da empresa é grave. Inclusive, segundo ele, uma reunião entre Sinttro e SMTT está marcada para amanhã, 17, às 8h30, na sede do órgão municipal, para discutir a possível substituição da empresa de viação na licitação que abrange a prestação do serviço em Maceió e a absorção do corpo funcional, caso uma nova empresa se instale na cidade. “Nosso objetivo é discutir uma forma para que nenhum cobrador ou motorista perca seu emprego. Que caso haja substituição, os trabalhadores da Veleiro sejam todos contratados”, explicou Régis.

Em contato com a assessoria da SMTT, o órgão explicou que até o momento não tomou conhecimento sobre nenhuma reunião com o Sinttro, nesta ou em outra data, mas emitiu nota a respeito da paralisação. Confira:

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) informa que segue trabalhando para que os passageiros dos bairros que são atendidos pela Veleiro não fiquem desassistidos durante a paralisação dos funcionários da empresa. O órgão reforça que outras linhas de ônibus que atendem essas regiões estão sendo reforçadas de acordo com as necessidades das demandas para garantir o direito de ir e vir dos usuários do Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió (SIMM).

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *