Litoral alagoano tem sete trechos impróprios para banho

Priscylla Régia/Alagoas 24 Horas

Quem pretende aproveitar o fim de semana para pegar uma praia ou curtir os dias de folga em um dos rios que cortam Alagoas deve atento às condições de balneabilidade, ou seja, se o local está próprio ou impróprio para banho.

De acordo com informações divulgadas nesta sexta-feira, 17, pelo Instituto do Meio Ambiente (IMA), dos 65 pontos avaliados, apenas sete não são recomendados aos banhistas.

As amostras das águas foram colhidas pelos técnicos do órgão ambiental nos dias 14 e 15 deste mês entre as praias de Pontal do Peba e Maragogi quando não houve incidência de chuvas no litoral alagoano.

No litoral sul, o IMA classificou os trechos do Rio São Francisco, em Piaçabuçu, na Rua Artur de Farias Lôbo, em frente ao Terminal Turístico de Artesanato  e do Rio Niquim, aproximadamente 300m da Foz, na Barra de São Miguel como impróprios.

Em Maceió, os banhistas devem evitar quatro pontos.  São eles: Praia de Ponta Verde, na Avenida Álvaro Otacílio, entre as ruas General. Dr. João Saleiro Pitão e Dr. Rubens Canuto, na Praia de Jatiúca, na Avenida Álvaro Otacílio, entre as Avenidas Antônio de Barros e Empresário Carlos da Silva Nogueira, na Praia de Cruz das Almas, na Avenida Brigadeiro Eustáquio Gomes, entre as ruas Mascarenhas de Brito e Padre Luiz Américo Galvão e na Praia de Jacarecica/Frente à rua “A”.

Já no litoral norte, apenas o trecho em frente à Foz do Rio Persinunda, na Praia de Maragogi, não foi liberado aos banhistas.

Confira os trechos próprios e impróprios para banho:

 

IMA
IMA
IMA

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *