Novo estudo de sísmica começa segunda-feira, 20/01

Levantamento vai traçar imagem do subsolo e ajudar na compreensão dos fenômenos geológicos na região do bairro do Pinheiro

Um novo estudo de sísmica nos bairros do Pinheiro, Mutange, Bebedouro e Bom Parto vai complementar dados já levantados e colaborar para a compreensão dos fenômenos geológicos registrados na região. Os trabalhos começam na próxima segunda-feira, 20, e seguem até o dia 27. A empresa responsável é a americana Panamerican Geophysical, reconhecida internacionalmente como especialista em pesquisas geofísicas. A ação foi apresentada previamente à Defesa Civil e contará também com o apoio da Guarda Municipal e da SMTT, para garantir a segurança e a comunicação necessárias durante a interdição dos trechos das ruas selecionadas para estudo.

O estudo de sísmica tem a finalidade de mapear e identificar o subsolo, ou seja, as camadas de rochas e componentes que estão embaixo da terra. Os dados são coletados por equipamentos  especiais, que formam uma imagem. O processo é semelhante ao ultrassom utilizado em diagnósticos médicos, só que com equipamentos e escalas muito diferentes. Os pontos de medição serão pequenos pinos colocados no acostamento das ruas indicadas no cronograma abaixo, ocupando áreas de aproximadamente 600 metros de extensão por vez. O estudo será acompanhado por instrumentos específicos, monitorando as atividades, evitando qualquer tipo de dano patrimonial na superfície e arredores.

Em caso de dúvidas, entre contato com o telefone 0800-006-3029, que recebe ligações gratuitas inclusive de celular, das 9h às 18h.

Conforme cronograma de trabalho, os estudos acontecem da seguinte forma:
Dia 19 – Início da interdição da faixa de acostamento (a cada 600m)
Dia 20 – Rua Prof. Mário Marroquim e Rua Clarêncio Jucá
Dia 21 – Rua Basileu de Meira Barbosa
Dia 22 – Rua Dr. Passos de Miranda
Dia 23 – Rua Rosalvo Prata e Rua Antônio Procópio
Dia 24 – Rua José Dionísio Sobrinho
Dia 25 – Rua Miguel Palmeira
Dia 26 – Av. Major Cicero de Góes Monteiro, Cônego Costa, Ladeira Prof. Benedito Silva, e Rua Dr. Oswaldo Cruz
Dia 27 – Ruas Pedro Beltrão, Carteiro João Firmino, Erasmo de Almeida Porongaba, Manoel Menezes, e Travessa Sen. Arnon de Melo

Fonte: Algo Mais

Veja Mais

1 comentário

  • Graça LOPES says:

    Queria saber quando termina essa tortura. MUITA gente ,adoecendo morrendo nao está fácil. Resokvam logo isso indeniza todos e braskem fique dona do bairro de vez.ja estamos no prejuízo. Ninguém aguenta mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *