Crianças e adolescentes são baleados ao entrar em sítio para colher mangas

O autor dos disparos seria o dono do sítio

Alagoas 24 Horas / Arquivo

Atualizado às 18h50

Seis pessoas – entre crianças, adolescentes e jovens – ficaram feridas após serem baleadas, na tarde desta segunda-feira, 20, em uma propriedade, situada na rua Salvador Costa, no bairro do Feitosa.

De acordo com dados repassados pelo Batalhão de Policiamento de Eventos (BPE), cinco crianças e adolescentes teriam entrado em um sítio para buscar mangas e foram atingidos por tiros de espingarda de chumbinho. Um jovem de 24 anos, identificado como Joaquim Vitor da Silva Júnior, tentou ajudar os garotos a saírem do local e também acabou baleado.

“Estávamos em patrulhamento na principal do Feitosa quando nos deparamos com uma mãe com um filho de 12 anos baleado na testa e na boca pela espingarda de chumbinho. Conduzimos o menor até à UPA do Jacintinho. Lá, descobrimos que tinham outras pessoas feridas. Inclusive, um jovem de 24 anos recebeu um tiro de arma de fogo nas imediações da nuca ao tentar ajudar os garotos a sair do local. Ele recebeu atendimento na UPA, mas devido à gravidade dos ferimentos, foi transferido ao HGE”, contou o sargento Zezito Alves à TV Ponta Verde.

O autor dos disparos seria o proprietário do sítio, que foi preso por uma guarnição do BPE logo em seguida. Na casa do acusado, os militares apreenderam a espingarda de chumbinho, uma garrucha e dois cartuchos. A arma de fogo utilizada para atirar em Joaquim Victor não foi localizada pela PM.

Após a prisão, o  acusado – que não teve a identidade revelada devido à Lei de Abuso de Autoridade  –  foi levado à Central de Flagrantes para os procedimentos cabíveis, onde foi autuado pelos crimes de Tentativa de homicídio, Lesão corporal grave e Posse irregular de arma de fogo.

BPE

Armas apreendidas

Estado de saúde das vítimas

O Hospital Geral do Estado (HGE) informa que os pacientes Joaquim Vitor da Silva Júnior (24) Marinez dos Santos Lisboa (45), os menores R.L.S (12) e M.R.(12) continuam na unidade hospitalar.

Joaquim Vitor da Silva Júnior (24) realizou exames de imagem e aguarda avaliação do cirurgião. Foi atingido na cabeça e costas. Está estável.

M.R. (12) foi atingido na coxa esquerda e R.L.S. no rosto e no braço esquerdo. Ambos estão no RX, já fizeram suturas e estão estáveis.

Marinez dos Santos Lisboa foi atingida no rosto, também encontra-se no RX e está estável.

Veja Mais

3 Comentários

  • Comerciante says:

    Agora cade os pais desse pessoal que não ver eles invadindo as propriedades alheias para furtar seja lá o que for estão errados,eles plantaram algum pé de manga nesse local é claro que não,agora o proprietario vai se defender e acaba sendo preso por um fato que o mesmo tem toda razão,está defendendo o seu patrimonio de invasores para furtar,bem assim era outra coisa mais valiosa.

  • Militar says:

    No Brasil é assim o que foi roubado vai preso e o ladrão é à vitima isso é inversão de valores.

  • SergioMR says:

    Antigamente os garotos que faziam isso se arriscavam a levar tiros de sal. Contavam
    que ardia muito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *