Braskem realiza estudo aerogravimétrico a partir de terça (21)

Estudo realizado a partir de sobrevoo busca ampliar o entendimento sobre comportamento do solo na região do Pinheiro, Mutange e Bebedouro

A Braskem inicia nesta terça-feira, 21 de janeiro, um novo estudo geofísico realizado a partir de sobrevoos na região dos bairros do Pinheiro, Bebedouro e Mutange. O estudo de aerogravimetria foi autorizado pelo Ministério da Defesa e visa complementar e aprofundar a investigação voltada para a identificação das causas do fenômeno geológico registrado nos bairros, fornecendo mais elementos para entender o comportamento do solo na área.

A aerogravimetria é uma técnica que consiste no levantamento de dados geofísicos por meio de registros em equipamentos modernos de imagens internas do solo a partir de sobrevoos na região em estudo. Durante um período de cinco a seis dias, entre 5h e 10h da manhã, uma aeronave modelo Cessna 208B sobrevoará a área a uma altura ideal de 650 pés (200 metros). A bordo, seguem um piloto de pesquisa com experiência comprovada e um operador geofísico, responsável pela operação dos instrumentos a bordo. Compõem também a equipe um geofísico, responsável pela supervisão das operações de pesquisa e controle de qualidade dos dados, e um mecânico de aeronave, para garantir a segurança de toda a operação. A aeronave poderá ser ouvida na regi ão abaixo do local de sobrevoo, mas o volume não dever&aac ute; cau sar transtorno.

Fenômeno geológico

Desde o abalo sísmico registrado em Maceió em março de 2018, a Braskem vem colaborando com as autoridades e realizando estudos para compreender as causas do fenômeno. Até o momento, não está estabelecida qual a relação entre o fenômeno geológico em Maceió e a operação dos poços de extração de sal da Braskem.

Canais de comunicação

Informações sobre a atuação da Braskem em Alagoas estão disponíveis no site www.braskem.com/alagoas ou pelo telefone 0800-006-3029, que recebe ligações gratuitas também de celulares, de segunda a sexta, das 9h às 18h (exceto feriados).

Fonte: Algo Mais

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *