Heineken anuncia recall de garrafas de cerveja por problema em embalagem

Heineken anunciou recall de long necks por alteração em garrafas — Foto: Reuters

O grupo Heineken no Brasil anunciou nesta sexta-feira (14) o recall voluntário de lotes de garrafas long neck de cerveja.

Em comunicado, a empresa disse que foi identificada uma “pequena alteração” nas garrafas de 330 ml desses lotes. Ela pode fazer com que “uma pequena lasca de vidro se desprenda do bocal no momento da abertura, o que poderá ocasionar lesões ou ingestão acidental”.

“A alteração está totalmente restrita à garrafa, sem nenhum impacto no líquido”, segundo o texto.

O recall acontece a pouco mais de uma semana do carnaval, quando o consumo de cerveja aumenta no país.

A Heineken afirma que o problema foi encontrado em “menos de 0,3%” das garrafas nos lotes afetados. As long necks que fazem parte do recall têm, na parte inferior, um alto-relevo com as letras “CH”.

A quem comprou cervejas desses lotes, a empresa orienta abrir a garrafa com cuidado, seguindo as instruções na embalagem.

Caso algum problema seja identificado, o consumidor deve entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor.

Nota da Heineken

Esclarecemos que a medida é preventiva e acontece em virtude de uma pequena alteração identificada em lotes específicos de embalagens Heineken® long neck 330ml. Estima-se que, em menos de 0,3% das garrafas desses lotes, a alteração pode fazer com que, no momento da abertura, uma pequena lasca de vidro se desprenda do bocal. Apesar da baixa probabilidade, mas colocando a segurança do consumidor em primeiro lugar, decidimos iniciar o recall dos lotes em questão de forma voluntária. Reforçamos que a alteração é totalmente restrita à embalagem e que não há qualquer impacto no líquido. Todas as Heineken® long neck 330ml que não fazem parte dos lotes específicos, assim como qualquer outro produto do Grupo HEINEKEN, podem ser consumidos normalmente. Destacamos, ainda, que a alteração já foi corrigida e que o compromisso com o padrão de qualidade de nossos processos produtivos e produtos continua sendo inegociável. 

Fonte: G1

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *