Ufal suspende programação da Calourada, mas mantém início das aulas

Decisão foi tomada para evitar aglomeração de pessoas por conta do novo coronavírus

Ascom / Ufal

Josealdo Tonholo também participou, pela manhã, de reunião do Gabinete de Crise da Situação de Emergência para o combate ao novo coronavírus no Estado de Alagoas.

Em decisão tomada na manhã desta sexta-feira (13), o reitor da Universidade Federal de Alagoas, Josealdo Tonholo, cancelou a programação da Calourada, de recepção e acolhimento aos novos alunos e veteranos para o início do ano letivo 2020.1. A decisão foi tomada para evitar grandes aglomerações de pessoas por causa do risco de contaminação pelo novo coronavírus (covid-19) e segue as recomendações do Governo Federal (Instrução Normativa 19 de 12.03.2020)

As solenidades aconteceriam a partir do dia 16 de março, em Maceió, Arapiraca, Delmiro Gouveia e Rio largo. No entanto, Tonholo afirma que o início das aulas está mantido em todos os campi da Ufal, na segunda-feira (16). “Tomamos a decisão de não realizar a calourada, levando em consideração às recomendações do Ministério da Saúde e da nossa Comissão de Gerenciamento do covid-19. Mas todas as aulas vão acontecer regularmente, conforme calendário acadêmico”, assegurou.

Em reunião do Comitê de Governança da Universidade ficou determinado que também estão suspensas todas as atividades que envolvam aglomeração de pessoas nas dependências da Ufal. “O uso dos auditórios da Universidade só deve ser autorizado para público reduzido, para garantir o espaçamento razoável entre as pessoas”, afirmou.

Os restaurantes universitários manterão o atendimento normalmente, mas os usuários devem tomar as precauções necessárias, principalmente na hora da fila. “Os nossos restaurantes são espaço abertos, amplos e, portanto, podemos continuar oferecendo as refeições, mas recomendamos que os usuários fiquem atentos ao espaçamento seguro e aos bons hábitos de higiene”, confirmou o reitor.

Ainda não há nenhum posicionamento do Estado de Alagoas nem do Ministério da Saúde em relação ao cenário epidemiológico local. “Diante disso, não podemos tomar decisões mais drásticas como fechamento dos nossos restaurantes ou suspensão das aulas. Mas estamos atentos e qualquer mudança no cenário de Alagoas, tomaremos as providências necessárias”, destacou.

Na manhã desta sexta-feira (13) os membros da Comissão de Gerenciamento do novo coronavírus da Ufal participaram da primeira reunião do Gabinete de Crise da Situação de Emergência para o combate ao novo coronavírus no Estado de Alagoas. Eles foram convidados pelo Gabinete Civil para integrar o grupo. Como representantes da Universidade estão Célio Rodrigues, superintendente do Hospital Universitário Professor Alberto Antunes, e Celina de Azevedo Dias, chefe de Vigilância e Saúde do HU.

Esta Comissão está funcionando em caráter de alerta permanente e pode trazer novas recomendações de procedimentos para a Ufal a qualquer momento.

Fonte: Ascom / Ufal

Veja Mais

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *