Em fábrica clandestina, polícia apreende mais de 2 mil frascos de álcool em gel

PC/AL

Uma fábrica clandestina de álcool em gel foi fechada, na tarde desta quarta-feira, 25, pelos agentes da 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil (4ª DRP), no Centro da cidade de Igaci, agreste alagoano.

Segundo informações da Polícia Civil, os policiais iniciaram as investigações após receber a informação de que um homem havia comprado mil litros de álcool em um posto de combustíveis, localizado às margens da AL-115, em Arapiraca.

Os agentes da 4ª DRP, sob o comando do delegado Guilherme Martim Iusten, passaram a apurar qual o destino do álcool e descobriram que o material estava em Igaci em uma “fábrica de álcool em gel”.

Diante das informações, os policiais pediram apoio à Delegacia Regional de Palmeira dos Índios, sob o comando do delegado Josias de Lima,  e à delegacia de Igaci, e foram ao local. Lá, os policiais conseguiram impedir a produção clandestina de álcool em gel.

PC/AL

“No local as equipes policiais encontraram uma grande estrutura e vários empregados, colocando rótulos e envasando o álcool em gel feito com o álcool comprado horas antes no posto. Uma mulher e um homem, dentre os que estavam na fábrica, se apresentaram como donos, foram presos em flagrante e conduzidos até o CISP de Igaci . Ambos vão responder pelo crime de falsificação de produto (artigo 273 do código penal)”, frisou o chefe de Operações da 4ª DRP.

Ainda conforme dados da PC/AL, os agentes apreenderam aproximadamente 2.300 frascos de 200 ml de álcool em gel prontos para comercialização. Além disso, 15 mil frascos vazios, 500 litros de etanol e 300 litros de álcool em gel (também fabricados no local) prontos para serem envasados foram apreendidos. O antisséptico estava sendo vendido ao preço de R$8,50 cada.

PC/AL

 

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *