Maceió Até Você: Prefeitura lança plataforma de turismo para viajantes em casa

Praia de Ponta Verde, Maceió (Foto: arquivo semtel)

Atenta aos impactos da pandemia do novo coronavírus no turismo, a Prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer (Semtel), se antecipou e adaptou o trabalho de divulgação dos atrativos de Maceió à realidade temporária dos destinos turísticos ao redor do mundo. Lançada neste sábado (28), a campanha Maceió Até Você leva experiências turísticas virtuais e um vasto conteúdo cultural aos potenciais e futuros turistas que estão em casa neste momento.

A estratégia promocional promovida pela Semtel visa aproximar o destino Maceió dos viajantes que precisaram adiar a estada ou planejam visitar a capital quando a situação se normalizar. Por meio da plataforma digital multimídia, os visitantes podem fazer passeios virtuais pelos principais pontos turísticos da cidade, montar roteiros, ouvir músicas de artistas da terra, assistir filmes alagoanos, ter acesso a publicações e obras literárias e ainda acompanhar o monitoramento da atividade turística no destino a partir do atual cenário.

Dessa forma, os usuários podem obter informações sobre as medidas adotadas pela gestão pública municipal e estadual quanto ao funcionamento de serviços e atrativos, passeios e receptivos, bares e restaurantes, meios de hospedagem, rodoviária e aeroporto. Além disso, enquanto planejam a viagem, os visitantes têm à disposição um conjunto de experiências sensoriais e imersivas que estabelecem a conexão com o destino antes mesmo da estada e podem ser decisivas para um melhor aproveitamento dos atrativos e a fidelização do turista.

De acordo com o titular da Semtel, Jair Galvão, o projeto Maceió 360°, que utiliza os recursos da realidade virtual e o tour virtual com imagens em 360°, assume um importante papel neste momento de distanciamento social. “Com o auxílio desta ferramenta, podemos encurtar a distância com simulações virtuais e apresentar um cardápio de experiências que podem ser encontradas no destino. O viajante que estava com tudo certo para viajar para Maceió, ou então pensava na possibilidade, vai poder caminhar por nossas praias, mirantes, prédios históricos, piscinas naturais e outros atrativos e conhecer um bom acervo cultural sem sair de casa. A situação é temporária e quando tudo isso passar, teremos esses visitantes aqui aproveitando tudo isso ao vivo”, disse o secretário.

Medidas para minimizar o impacto da crise em Maceió 

Além de estratégias promocionais, a Prefeitura de Maceió também saiu na frente de outros destinos em relação a benefícios tributários que devem contribuir para minimizar os impactos econômicos da pandemia no setor turístico. A capital foi a primeira do Brasil a decretar medidas para beneficiar pessoas físicas e jurídicas. Os pequenos negócios, que são mais de 90% das empresas de Alagoas, foram os principais beneficiados. Ao todo, foram 14 ações que abrangem desde prorrogação nas datas de vencimentos de tributos a prazos de negociação. Jair Galvão,  que integra Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social de Maceió (Comdem), também está a frente das decisões sobre o cenário socioeconômico municipal.

Confira abaixo as medidas tributárias adotadas pela Prefeitura de Maceió: 

Prorrogação do prazo para pagamento do IPTU em 90 dias;

Prorrogação do prazo para pagamento da Taxa de Lixo em 90 dias;

Prorrogação do prazo para pagamento da COSIP sobre terrenos em 90 dias;

Prorrogação do prazo para pagamento do ISSQN do MEI e no âmbito do Simples Nacional em 90 dias;

Deslocamento da data de pagamento da 1ª Parcela da Taxa de Funcionamento para 30 de junho de 2020 e a segunda para 30 de novembro;

Deslocamento da data de pagamento da Taxa de Vigilância Sanitária para 30 de junho de 2020;

Deslocamento da data de pagamento da 1ª Parcela do ISSQN Autônomo para 30 de junho de 2020 e a segunda para 30 de novembro;

Suspensão dos parcelamentos de débitos vigentes por 90 dias;

Suspensão dos processos administrativos tributários por 90 dias;

Suspensão das cobranças administrativas tributárias por 90 dias;

Suspensão de novos protestos de título por 90 dias;

Suspensão das sessões de julgamento do Conselho de Contribuintes por 90 dias;

Prorrogação da validade das certidões de regularidade fiscal pelo prazo de 90 dias.

Fonte: Secom/Maceió

Veja Mais

Casa pega em fogo em Maceió

Uma casa pegou fogo, na tarde desta sexta-feira, 05, na Travessa Luiz Carlos de Souza Neto, no bairro do Prado,...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *