Site americano afirma que ditador norte coreano, Kim Jong-un, está morto

Reprodução/BBC Brasil

Reprodução / BBC Brasil

O site TMZ afirmou que o ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un, foi dado como morto neste sábado (25), devido a complicações em uma cirurgia cardíaca.

Ele teria sido atendido às pressas por uma equipe de cirurgiões chineses, enviada pelo governo vizinho no começo da semana. Segundo o site TMZ, a informação foi postada na rede social Weibo pela vice-diretora de um canal de notícias de Hong Kong.

As notícias ainda não haviam sido confirmadas por fontes oficiais. Mas a agência sul-coreana Yonhap divulgou o estranhamento de o ditador não ter comparecido a eventos públicos desde o início de abril.

Ele não participou sequer das homenagens a Kim Il-sung, seu avô e patriarca do país.

Havia uma expectativa se ele compareceria às festividades dos 88 anos do Exército Revolucionário do Povo Coreano, neste sábado, dia 25.

O jornal “Daily NK” relatou que Kim Jong-un estaria internado após uma cirurgia devido a inflamação nos vasos sanguíneos que cercam o coração. Com um longo histórico de tabagismo, obesidade e excesso de trabalho, o líder coreano já havia desaparecido por 40 dias em 2014 e reaparecido, sem dar explicações, usando uma bengala.

Os temores ocidentais com relação à possível morte do ditador são de como reagiria a elite militar, responsável pelo controle de mais de 1,3 milhão soldados, 6,5 mil blindados e um programa nuclear com pelo menos dez ogivas atômicas e mísseis capazes de atingir territórios dos EUA.

Fonte: O Tempo

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *