Jornalista é assassinado a tiro quando fazia entrevista

O jornalista Leonardo Pinheiro Foto: Facebook / Reprodução

O jornalista e pré-candidato a vereador pelo Patriota Leonardo Pinheiro, de 39 anos, foi morto a tiro, na tarde desta quarta-feira, no bairro Parati, em Araruama, na Região dos Lagos do Rio. Ele mantinha a página “A Voz Araruemense”, onde postava vídeos de reportagens que fazia nas ruas.

De acordo com informações da polícia, Leonardo fazia uma entrevista quando homens que estavam num carro se aproximaram e dispararam contra o jornalista. Em seguida, eles fugiram. Leonardo morreu no local.

Em nota, a Polícia Civil informou que “de acordo com a 118ª DP, foi instaurado inquérito para apurar as circunstâncias da morte de Leonardo Pinheiro, ocorrida nesta quarta-feira (13), em Araruama. Perícia foi realizada no local. Diligências estão em andamento para esclarecer o caso”.

O diretório estadual do Patriota lamentou a morte do jornalista:

“É com muito pesar que o diretório estadual do Patriota do Rio de Janeiro comunica a morte do nosso filiado e pré-candidato a vereador por Araruama Léo Pinheiro. Ele foi vítima de homicídio no bairro Parati enquanto participava de uma entrevista ao lado de moradores da comunidade.

Léo Pinheiro esteve à frente do projeto Casa da Família, em que demonstrava toda sua vocação comunitária no sentido de auxiliar o povo daquela cidade da Região dos Lagos.

Lamentamos profundamente que a vida de um companheiro nosso tenha se perdido graças a mais um de tantos casos de violência no estado do Rio de Janeiro.

Nossos pêsames aos familiares e nossa solidariedade a toda população de Araruama que perde um lutador pelas boas causas da comunidade”.

Fonte: Extra

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *