Diteal celebra três anos do Jazz Panorama ao Vivo online

Diteal

Maceió, 11 de abril de 2019
Jazz Panorama celebra 60 anos da obra prima de Miles Davis. Show realizado no Teatro de Arena, anexo de Teatro Deodoro. Alagoas – Brasil.
Foto: ©Ailton Cruz

Em 2018, nascia uma parceria importante para valorização do do jazz em Maceió, divulgação dos músicos e formação de plateia dos amantes do ritmo. O programa Jazz Panorama se expandiu pelas ondas da rádio Educativa de Maceió e pelas ideias de seus organizadores até chegar ao palco do Teatro de Arena Sérgio Cardoso, ganhando uma linda versão ao vivo, onde o sonho se tornou realidade com sessões mensais, de casa cheia.

O projeto, que chegou a abrir a temporada de 2020 com Kiko Freitas, em fevereiro, completa, em meio à pandemia, três anos consecutivos de sucesso. Para marcar esse momento, a Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas (Diteal) lança um vídeo contando um pouco da história do Jazz Panorama ao Vivo com seus idealizadores, parceiros e convidados, no Youtube, redes sociais do Teatro Deodoro e pelo site diteal.al.gov.br.

“É com muita satisfação e alegria que a Diteal mantém sua parceria exitosa com o Clube do Jazz de Maceió neste projeto, que cresce ao longo dos anos, seja na qualidade dos músicos, repertório e convidados, realizando sessões mensais com plateia lotada. Parabenizamos a todos os profissionais envolvidos no Jazz Panorama ao Vivo. Precisamos dar uma pausa, mas voltaremos no momento oportuno”, disse a diretora presidente da Diteal, Sheila Maluf.

O contrabaixista e fundador do Clube do Jazz de Maceió, Félix Baigon, conta a história do projeto. “O Clube do Jazz é um projeto que nós iniciamos em 2015. Eu, o maestro Almir Medeiros e o Antônio Carmo fazíamos apresentações, no Anamá, era um encontro de amigos, muitos iam dar canja, tinha mais músico do que plateia. Depois, tocamos em alguns hotéis e no Rex. Ali, por volta de 2016, conversei com o Alexandre Holanda e começamos a fazer os ensaios abertos. Fizemos uma parceria com a Diteal, ensaiávamos na sala de música, um ambiente muito bacana, pareciam workshops, vinham músicos novos e da velha guarda”, conta Baigon.

Dois anos mais tarde, em 2018, Baigon buscou a parceria da Diteal para realização do Dia Internacional do Jazz e, logo após, surgiu o Jazz Panorama ao Vivo. “Em abril de 2018, fizemos a primeira edição do Dia Internacional do Jazz, foi quando convidei o Juan Maurer, esse grande nome do jazz em Alagoas, um cara que tem uma bagagem incrível, viajou, morou nos EUA, conhece tudo, viu quase todos os grandes nomes do jazz tocando ao vivo, isso é um sonho e, junto com o Juan, vieram Leo Villanova, nosso artista gráfico, Brebal, Careca, Ana Galganni, Renata Peixoto. Depois dessa primeira edição, vimos que o projeto dava tão certo que começamos a fazer sessões mensais e, por aqui, já passaram grandes nomes da música instrumental brasileira”, continua Baigon.

Para Baigon, o apoio da Diteal foi fundamental. “Quero agradecer à Diteal por esse espaço, nós temos nosso espaço de música instrumental em Alagoas graças a Diteal. Espero que a gente saia rápido dessa pandemia, volte com mais força, energia e com agenda sempre nesse nível, trazendo grandes nomes e mostrando que aqui fazemos música instrumental de qualidade.

O formato ao vivo segue o mesmo estilo da rádio com o apresentador Juan Maurer anunciando as canções, falando dos músicos e conduzindo o show, cujo anfitrião é o Clube do Jazz de Maceió tocando com convidados especiais.”O programa musical Jazz Panorama foi ao ar pela primeira vez na rádio Educativa de Alagoas, no ano de 1987, e continua sendo transmitido até hoje. Em 2018, por iniciativa do contrabaixista Félix Baigon e com o apoio da Diteal, foi concebida uma versão ao vivo do programa, como sendo estivesse sendo transmitido em estúdio com músicos ao vivo”, explica Maurer.

Veja quais atrações passaram pelo Jazz Panorama ao Vivo:

2018

Alagoas volta ao circuito mundial do ritmo, no Dia Internacional do Jazz, de 24 a 30 de abril.

1ª edição: Em 28 de abril, no palco do Teatro de Arena Sérgio Cardoso, estreou o Jazz Panorama ao Vivo com o Clube do Jazz de Maceió, composto por Félix Baigon, Jarlandson Araújo, Jailson Brito e Jiuliano Gomes, e os convidados especiais Mácleim, Chau do Pife, Ricardo Lopes, Ana Galganni, Júnior Bocão, Renata Peixoto, Rony Ferreira, Tony Augusto, Beto Ferreira e Franck Jolivet, com apresentação de Juan Maurer.

2ª edição: Em 27 de julho, se apresentaram o Clube do Jazz de Maceió e convidados.

 

3ª edição: Em 01 de setembro, foi a vez do Clube do Jazz de Maceió receber Amaro Freitas Trio.

 

4ª edição: Em 30 de outubro, o Clube do Jazz de Maceió dividiu o palco do Arena com o maestro e pianista Antônio Adolfo.

 

“Esse encontro do Clube do Jazz de Maceió, Jazz Panorama e Juan Maurer significa muito para a música, para os músicos, para a formação de plateia. É um evento maravilhoso, que eu tive a grata satisfação de participar com um grupo de músicos fantásticos de Maceió. Espero que continue por muito tempo. O apoio da Diteal foi básico para o sucesso de tudo. É um projeto super profissional, ainda tem workshop, estão todos de parabéns”, acrescentou Antônio Adolfo.

 

5ª edição: Em 21 de novembro, o Clube do Jazz de Maceió deu as boas vindas ao multi-instrumentista Billy Magno.

 

2019

 

6ª edição: Em 09 de janeiro, o Clube do Jazz de Maceió abriu a temporada do ano com o baixista Fernando Nunes.

 

7ª edição: Em 27 de fevereiro, o Clube do Jazz de Maceió realizou duas sessões do Jazz Panorama ao vivo com o saxofonista Derico.

 

“Tive o privilégio de participar do Jazz Panorama ao Vivo, de conhecer o querido amigo Félix Baigon, foi muito legal, casa cheia, formador de plateia, num estilo de música que é pouco difundido. O Jazz Panorama está de parabéns, eu espero voltar, quando puder, parabéns a todos”, falou Derico.

 

8ª edição: Em 11 de abril, o Clube do Jazz de Maceió celebrou os 60 anos do álbum Kind Of Blue, de Miles Davis.

 

9ª edição: De 28 de abril a 05 de maio, Alagoas recebeu mais uma vez o Internacional Jazz Day, tendo seu ponto alto no palco do centenário Teatro Deodoro com o pianista Cristóvão Bastos e convidados no show “A Música de Cristóvão Bastos”.

 

10ª edição: Em 04 de junho, o Clube do Jazz de Maceió esteve com o guitarrista Nelson Faria.
11ª edição: Em 09 de julho, o Clube do Jazz de Maceió comemorou os 60 anos do álbum Time Out, de The Dave Brubeck Quartet.
12ª edição: Em 06 de agosto, o Clube do Jazz de Maceió recebeu o pianista Itamar Assiere.
13ª edição: Em 10 de setembro, o Clube do Jazz de Maceió tocou com o trompetista Joatan Nascimento.
14ª edição: Em 03 de outubro, o Clube do Jazz de Maceió subiu ao palco do Teatro Deodoro com o Duofel.
15ª edição: Em 30 de outubro, o Clube do Jazz de Maceió celebrou os 50 anos de carreira da cantora Wilma Miranda, no show Mar de Vazão, no Deodoro, com convidados especiais.

 

16ª edição: Em 10 de dezembro, o Clube do Jazz de Maceió encerrou a temporada de 2019 com o baterista Kiko Freitas.

 

2020

 

17ª edição: Em 04 de fevereiro, o Clube do Jazz de Maceió abriu a temporada deste ano com o guitarrista Renato Bandeira.

 

18ª edição: Aguardando a pandemia passar e tudo ficar bem…

 

“O que falar do Jazz Panorama ao Vivo? Esse encontro mensal que leva público e músicos ao delírio, em todas as edições… Sou muito feliz de participar, estar na produção, nos bastidores, de presenciar de perto esse êxtase. O público sai êxtasiado e os músicos muito felizes. Só tenho a agradecer a Diteal pela parceria, pelas portas abertas do Teatro de Arena e Deodoro para que a gente possa celebrar verdadeiramente a música alagoana, os músicos, a música brasileira, instrumental e o jazz em si”, revelou Ana Galganni.

O gerente artístico e cultural da Diteal, Alexandre Holanda, reafirma o compromisso da Diteal com o Clube do Jazz de Maceió e com o projeto radiofônico em formato ao vivo nos palcos dos teatros. “A Diteal tem uma característica muito interessante porque, além de contar com as salas de espetáculo, como o Teatro Deodoro, fundado em 1910, e o Teatro de Arena Sérgio Cardoso, de 1972, ela tem grandes parceiros, ela realiza, planeja, produz, mas também abraça os parceiros que chegam com ideias, propostas, com arte para o povo e a gente tem essa grande fellicidade de ser parceiro do projeto Jazz Panorama ao Vivo. Esse projeto vai continuar, é importante, é música, arte, jazz, bossa nova, valoriza o músico alagoano, traz grandes nomes do cenário nacional para trocar informações, através de workshops e da própria música. Esse projeto conseguiu um mérito muito interessante, formou uma plateia maravilhosa, que fica ávida pela próxima atração. A gente está muito feliz confirmando e reafirmando que o Jazz Panorama vai continuar. Por enquanto, vamos encontrando algumas alternativas e torcendo que o mais breve possível estejamos com as nossas salas de espetáculos cheias na plateia e com grandes músicos nos nossos palcos. Vamos acreditar que vai passar e a arte é eterna”, afirmou Alexandre Holanda, gerente artístico e cultural da Diteal.

Fonte: Diteal

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *