Cabo da PM insultado por morador de condomínio de luxo comenta caso: ‘Foi uma surpresa’

Edson foi chamado de 'lixo' ao atender uma chamada em Alphaville no fim de semana; confira depoimento do policial

O cabo da Polícia Militar Edson se tornou assunto nas redes sociais após ser insultado ao atender uma ocorrência em um condomínio de luxo em Alphaville, em São Paulo, no fim de semana. O policial foi xingado e chamado de “lixo” por um morador suspeito de violência doméstica contra a mulher. No Encontro, Edson comentou o caso e contou que não esperava que a situação tomasse grandes proporções.

“Infelizmente, já tinha me deparado com ocorrências semelhantes, mas não nessa proporção. Foi uma surpresa. […] Nem sei como esse vídeo chegou nas redes sociais, mas chegou. Repercutiu de uma forma muito estrondosa. Não quis mostrar para a minha esposa e nem para os meus filhos porque não sabia como seria a reação deles”.

Sobre o comportamento durante o confronto, Edson afirmou:

“Recebi muita mensagem de apoio e de parabenização. Cabe ressaltar que esse tipo de comportamento da Polícia Militar é normal, porque nós somos treinamentos para confrontos nesse nível ou até pior […] Nós temos que treinar isso para dar um bom atendimento ao cidadão”.
“Recebi elogios, mas recebi também críticas. Quem me conhece, sabe que sou assim, independente do lugar”.

O morador de Alphaville foi conduzido para a delegacia após o episódio. No entanto, ele não permaneceu detido, porque sua esposa decidiu não prosseguir com a denúncia.

Nas redes sociais, alguns internautas falaram que o cabo não agiria da mesma forma se o caso ocorre em uma comunidade. Sobre o assunto, Edson respondeu:

“Confesso que não foi fácil. Mas a gente tem uma estrutura que faz com que a gente atenda toda a população, independente da classe social, da melhor forma possível”.

Fonte: Encontro

Veja Mais

2 Comentários

  • Josuel says:

    Está na cara que esse policial está mentindo. Se fosse um pobre, negro, gay, o policial o teria espancado, algemado. Com rico a polícia age de acordo com a lei. Se for pobre é no cassete.

  • Ademilson mendonça says:

    O boi sabe a onde arromba a cerca.Será que se esse homem, fosse um cidadão comum, voces suportaria ele ou faziam o que fazem c pessoas comuns.( invadem casas, bate e até matam.)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *