Pai e filha com Covid-19, que esperaram atendimento por 7 h dentro de ambulâncias, morrem no interior

Ambulâncias que ajudaram no socorro de pai e filha — Foto: Arquivo Pessoal

Faleceram nesta segunda-feira (1º), no município de Estância, pai e filha, de 91 e 66 anos, respectivamente, que, no dia 24 de maio, ficaram mais de 6 horas aguardando leitos em unidades de terapia intensiva (UTIs), dentro de ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), em Aracaju. O estado de saúde deles, que posteriormente foram diagnosticados com a Covid-19, era grave.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), a filha morreu às 3h05 e o pai, às 8h15.

Na data da ocorrência na capital, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), informou a falta de leitos em hospitais de porta de entrada. Sem vagas, eles foram levados para o Hospital Regional de Estância, onde ficaram sedados e entubados.

A espera

No dia 24, a família dos idosos acionou o Samu, que chegou a residência por volta das 10h40. Pai e filha foram transferidos para duas ambulâncias e ficaram até as 17h30 esperando uma vaga nas unidades que funcionam em Sergipe como por aberta (UPAs Zona Norte e Sul, Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) e Hospital Regional José Franco). O Hospital de Campanha de Aracaju só recebe pacientes encaminhados pelas outras unidades.

No início da tarde, o idoso precisou ser entubado. E por volta das 17h30, ambos foram levados à sede do Samu, onde a idosa também foi entubada. De lá, seguiram para o hospital de Estância, onde deram entrada pouco antes das 20h.

No dia da ocorrência, os pacientes estavam com suspeita de Covid-19. A doença foi confirmada na noite seguinte.

Ocupação de leitos em Sergipe

Até o fim da noite do domingo (31), a ocupação de leitos de UTI públicos era de 62,9% e o de particulares, 106,4%. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, os pacientes excedentes na rede privada são direcionados a leitos de contingenciamento.

Nesta segunda-feira, novos leitos passaram a funcionar no estado.

Com Covid-19, pai e filha aguardam transferência por 7h dentro de ambulâncias

Fonte: G1

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *