Bolsonaro visita cotado para Ministério da Segurança Pública

Reprodução / Twitter

O presidente Jair Bolsonaro esteve reunido na tarde desta quinta-feira (4) com o secretário de Segurança Pública do DF, Anderson Torres, que é cotado para ministro da Segurança Pública, pasta que o governo estuda recriar. O encontro ocorreu na sede da secretaria, em Brasília, e durou cerca de vinte minutos.

De acordo com auxiliares, foi uma visita de cortesia. Na saída, Bolsonaro brincou dizendo que iria renovar a carteira de motorista no Detran, órgão que funciona no prédio ao lado.

Ainda de acordo com auxiliares da Presidência, além da possibilidade de escolher um novo ministro, Bolsonaro e Torres têm conversado sobre a segurança em Brasília, às vésperas de manifestações de rua. O governo teme que cenas de pancadaria como as registradas pelos protestos em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Curitiba se repitam na capital federal.

Torres é delegado da Polícia Federal e tem agido nos bastidores para ser promovido a ministro, apesar de não ter a preferência da bancada da bala, que indicou o ex-deputado federal Alberto Fraga para o posto.

Mais cedo, outro cotado, o ministro da Secretaria de Governo, Luís Eduardo Ramos, afirmou à coluna da CNN que não há hipótese de ele assumir o Ministério da Segurança. Esse foi um dos cenários traçados por aliados de Bolsonaro para retirar Ramos da articulação política e enviá-lo para outra pasta.

O delegado da PF, atual diretor geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Alexandre Ramagem, é o quarto nome da bolsa de apostas que circula no Planalto.

Fonte: CNN Brasil

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *