FGTS: veja endereços aptos ao saque da área verde escura

Moradores devem procurar uma agência da Caixa Econômica Federal

Os moradores do bairro do Pinheiro inseridos na área verde escura do Mapa de Setorização de Danos e de Linhas de Ações Prioritárias podem conferir a relação de endereços aptos à habilitação ao saque do FGTS, estabelecida por decisão judicial. Todos os endereços inseridos na lista definitiva divulgada pela Coordenadoria Especial Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec) estão aptos a procurar qualquer agência da Caixa Econômica em Maceió e fazer a habilitação.

Na relação definitiva constam 1.366 endereços aptos ao saque do FGTS. O documento foi enviado à Caixa dentro do prazo previsto em acordo com a Defensoria Pública da União (DPU), autora da ação civil pública que beneficia a população afetada pela instabilidade de solo, provocada pela atividade de mineração – segundo relatório da CPRM -, que afeta os bairros.

Confira a relação definitiva de endereços aptos à habilitação ao saque do FGTS do bairro do Pinheiro inseridos na área verde escura:

LISTA DEFINITIVA FGTS – BAIRRO PINHEIRO – SETOR VERDE ESCURO

A decisão judicial prevê que os trabalhadores que residem nestes endereços e tenham saldo positivo no FGTS podem fazer o saque limitado a R$ 6.220 por conta vinculada.

Segundo a Caixa Econômica, a relação de endereços já se encontra nas agências localizadas em Maceió. Ainda de acordo com a Caixa, o atendimento para habilitação ao saque do FGTS acontece normalmente em todas as agências de Maceió, uma vez que este é um dos serviços contingenciais das unidades.

Ascom Defesa Civil

Mapa de Setorização de Danos e de Linhas de Ações Prioritárias.

Habilitação

Para fazer a habilitação ao saque do FGTS, o interessado deverá apresentar a seguinte documentação, exigida pela Caixa Econômica: RG, CPF, Carteira de Trabalho e comprovante de residência válido de até 120 dias. Se o comprovante de residência não estiver no nome do solicitante do saque, deve-se comprovar o grau de parentesco. Caso o comprovante de residência esteja no nome do cônjuge, deve-se comprovar a união através de certidão de casamento ou de união estável.

DPU

A Defensoria Pública da União (DPU), autora da ação civil pública que beneficia os trabalhadores que residem na área afetada pela instabilidade de solo, orienta que caso o beneficiário não consiga fazer a habilitação nas agências bancárias pode denunciar ao órgão federal pelo e-mail dpu.jud.al@dpu.def.br .

No e-mail é importante conter as seguintes informações: o endereço do beneficiário (nome da rua, número da casa e bairro), área de risco do Mapa de Setorização e telefone para contato, além de breve relato sobre o motivo de não ter conseguido fazer a habilitação.

Bom Parto

Uma nova decisão judicial amplia o benefício do saque do FGTS para os moradores do bairro do Bom Parto, também afetado pela instabilidade de solo em decorrência da atividade de mineração. A Defesa Civil de Maceió está finalizando a documentação para divulgação da lista provisória e, assim, abrir prazo para que os endereços que porventura não estejam na relação e sejam beneficiados na ação possam ser validados e inseridos.

Fonte: Ascom Defesa Civil

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *