Nível do rio Mundaú pode chegar a mais de seis metros em União dos Palmares nas próximas horas

Monitoramento do Sistema de Alerta operado pela CPRM aponta que o rio também deve voltar a transbordar em Murici. As informações são do boletim atualizado na noite de hoje

O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) atualizou na noite desta segunda-feira (15) o boletim sobre a cheia do rio Mundaú, que atingiu a cota de inundação e transbordou nos municípios de União dos Palmares e Murici, em Alagoas. As informações são provenientes do monitoramento do Sistema de Alerta Hidrológico da bacia do Mundaú, que é operado pela CPRM. A previsão é de que o nível aumente em aproximadamente 1,5 metro em União e chegue a 6,42 metros nas próximas quatro horas. Já em Murici, o rio deve atingir os 5,54 metros.

A cota de inundação foi atingida nas duas cidades no final de semana e o rio continua subindo. Em União, ona cota de inundação é atingida quando o rio chega a 3,28 metros. Na noite de hoje, a cota está em 4,93 metros – que é 1,65 metro acima da cota de inundação, quando começa o rio transbordar e causar danos à população. Se chegar aos 6,42 metros, conforme a previsão do Sistema de Alerta, o Mundaú deve atingir as casas da parte baixa da Rua da Cachoeira.

Em Murici, a cota de inundação é de 5,05 metros. O rio baixou e, até o momento, o nível na cidade está em 4,71 metros. A previsão é de que continue subindo até aproximadamente 5,54 metros. Caso chegue a este nível, haverá pontos de alagamentos no bairro Jardim Horizonte, próximo ao riacho Baberibe.

De acordo com o mapeamento de risco elaborado pela CPRM, há em União dos Palmares cerca de 2.300 pessoas que vivem em mais de 500 moradias de risco para enchente. Murici, segundo o mapeamento da CPRM, há cerca de duas mil pessoas vivendo em moradias de risco para enchente.

O Sistema de Alerta Hidrológico da bacia do rio Mundaú possui oito pontos de monitoramento nos rios Mundaú, Canhoto e Inhumas, com previsão hidrológica para os municípios de União dos Palmares e Murici (AL), beneficiando uma população de 89.064 habitantes. A bacia do rio Mundaú abrange uma área de 4.150km², sendo 52% em Pernambuco e 48% em Alagoas.

ENTENDA OS PATAMARES – São utilizados três patamares como referência: na cota de atenção, simbolizada pela cor amarela, a CPRM inicia a mobilização das equipes e a preparação dos modelos de previsão. Quando o rio atinge a cota de alerta, representada pela cor laranja, os modelos de previsão entram em operação contínua, produzindo boletins atualizados enviados a todo momento às autoridades. Vermelho é quando o rio transborda e foi alcançada a cota de inundação em algum ponto monitorado.

Os dados hidrológicos utilizados nos boletins são provenientes da Rede Hidrometeorológica Nacional de responsabilidade da Agência Nacional das Águas (ANA), operada pelo Serviço Geológico do Brasil e outros parceiros. As previsões apresentadas são baseadas em modelos hidrológicos e estão sujeitas às incertezas inerentes aos mesmos. Acesse o Sistema de Alerta Hidrológico (SAH) do Rio Mundaú.

Fonte: Lucas Alcântara/CPRM

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *