Neymar perde briga em que cobrava Barcelona na Justiça e ainda vai ter que devolver R$ 40 milhões

O Barcelona anunciou nesta sexta-feira que venceu uma batalha que trava na Justiça com Neymar, conforme sentença do Juizado Social 15 de Barcelona. Dessa forma, o clube não terá que pagar à quantia total de 43,6 milhões de euros (R$ 263,17 milhões na cotação atual) que o brasileiro pedia e ainda receberá 6,7 milhões de euros (R$ 40,44 milhões) do atacante do Paris Saint-Germain.

“A sentença nega em sua totalidade a demanda do jogador, que desejava o pagamento de 43,6 milhões de euros, e estima grande parte da demanda apresentada pelo Barcelona, em virtude da qual o jogador tem que devolver ao clube 6,7 milhões de euros”, diz o comunicado do clube.

“Dado que esta resolução pode ser recorrida pela representação do jogador, o clube continuará defendendo com firmeza seus legítimos interesses.”

O jogador de 28 anos processou o Barcelona por não ter pago a ele todo o prêmio por uma renovação de contrato no fim de 2016. O astro do PSG cobrou 14 milhões de euros desses 43 milhões pela ampliação de seu contrato, mas o Barça não decidiu pagar os 29 milhões de euros restantes, depois que Neymar decidiu em agosto de 2017 assinar pelo clube francês em uma transferência de 222 milhões de euros.

A decisão judicial, à qual a ESPN teve acesso, determina que Neymar “não só carecia do direito a receber a quantia” que reivindicava, como também, além disso, “deve reembolsar o clube ao excedente do recebido em conceito de bônus de assinatura” por ter decidido rescindir seu contrato antes do tempo sem uma causa justificada, “além de sua mera vontade” de assinar por outro clube.

Neymar tem cinco dias para apelar e registrar um recurso de apelo na Câmara Social do Tribunal de Justiça da Catalunha.

Fonte: ESPN

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *