Perícia confirma DNA de suspeito de invadir empresa e estuprar funcionária no Farol

Perícia confirma DNA de suspeito na vítima. Ascom PC/AL

A Perícia Oficial de Alagoas confirmou a presença de material genético do homem acusado de invadir uma empresa no bairro do Farol e estuprar a funcionária.  Os crimes ocorreram no dia 8 de junho e o acusado, de 39 anos, foi preso um dia depois, quando tentava fugir, no Terminal Rodoviário João Paulo II, no Feitosa.

O agressor, que já respondia pelos crimes de furto e violência doméstica, abordou a funcionária quando estava chegava para trabalhar. O homem obrigou a mulher a entrar no local, onde ela sofreu violência sexual mediante ameaça de morte. Após o crime, o estuprador ainda a prendeu em um cômodo e roubou equipamentos eletrônicos. RELEMBRE O CASO AQUI.

O acusado, no entanto, não contava com ter sido flagrado pelas câmeras do sistema de segurança, que ajudaram na sua identificação – e prisão. Com a confirmação do DNA, o acusado deverá ser denunciado por roubo majorado pelo uso de arma branca e estupro e pode ser condenado a até 20 anos de prisão. RELEMBRE A PRISÃO AQUI.

 

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *