Amigo de morta sem CNH pede desculpas por emprestar carro

Jovem emprestou carro para amiga Yara Brendariol Graciano, que não tinha CNH; ela perdeu controle da direção e morreu ao bater contra um poste e capotar.

Jovem de 20 anos morreu em acidente em Itatiba — Foto: Reprodução/Facebook – Arquivo pessoal

O rapaz que emprestou o carro para a jovem Yara Brendariol Graciano, de 20 anos, morta ao bater o veículo em um poste e capotar na madrugada de sábado (25), em Itatiba (SP), disse que chegou a pedir desculpa para a família da vítima após a morte da amiga.

Segundo informações do boletim de ocorrência,o rapaz deve responder por homicídio culposo, por emprestar o carro à jovem, que não tinha habilitação. O jovem deve prestar depoimento nesta segunda-feira. Ao G1, ele lamentou o acidente.

“Ainda estou sem acreditar no que houve. Na delegacia estavam os tios e fiz questão de pedir desculpa No dia, ela pediu para dirigir um pouco e emprestei o carro, já que havia dirigido antes. Não imaginei que fosse ocorrer isso é é uma dor imensa. Queria que eu tivesse ido no lugar dela. Ela era uma pessoa incrível e não merecia isso”, disse o jovem, que prefere ter a identidade preservada.

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais militares relataram na delegacia que a equipe foi acionada para atender um acidente de trânsito na rua José Luiz Leone. No local, encontraram o carro capotado próximo a um poste de energia, que foi derrubado pelo veículo.

Na área, foi informado a eles que os ocupantes tinham sido encaminhados ao pronto-socorro da Santa Casa. Já na unidade, os policiais descobriram que a motorista era a jovem Yara, que não era habilitada.

Dentro do carro, segundo o registro, estavam outras quatro pessoas, sendo uma jovem de 19 anos, uma de 18 anos, um rapaz de 21 anos e outro de 20 anos.

Ainda de acordo com o amigo, ele e Yara se conheciam há anos, mas fazia tempo que não saia com ela e as amigas. Foi quando na noite anterior a jovem mandou mensagem o chamando para sair.

“Fazia muito tempo que não saíamos e ela me mandou mensagem falando pra fazer algo. Só andamos um pouco de carro e fomos até a rua onde tudo aconteceu. Não estávamos drogados e só tínhamos bebido um pouco de cerveja. Eu nem fiquei ferido, mas ela ficou muito ferida”, ressaltou o rapaz.

Ele acredita que a vítima deve ter se confundido com os pedais do veículo, que tem câmbio automático.

“Infelizmente, acho que ela confundiu o pedal e bateu no poste. Estou sem acreditar até agora e sem saber o que fazer”, ressaltou.
Ainda no local do acidente, os policiais encontraram do lado de dentro latas vazias de cerveja. A perícia esteve na área e o corpo da motorista foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). O carro foi liberado ao proprietário.

O caso foi registrado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar, na direção de veículo, por permitir a direção de veículo para pessoa não habilitada e lesão corporal culposa. O corpo da jovem foi enterrado no Cemitério Municipal.

Fonte: G1

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *