Motorista por aplicativo confessa ter sido contratado para transportar droga ao ser preso

O indivíduo já respondia processos por porte ilegal de arma e tráfico de drogas

Cinco quilos de maconha foram apreendidos e um homem preso pela Polícia Rodoviária Federal na noite desta quinta (30). Ele informou que receberia R$ 400 para transportar a droga. O caso ocorreu no km 77 da BR – 101, município de Rio Largo.

Passava das 21 horas quando uma equipe fiscalizava em frente à Unidade Operacional de Rio Largo e abordou um Chevrolet Classic, de cor branca, com placa de Maceió. Durante os procedimentos de verificação pessoal e veicular, os policiais perceberam que o condutor dava respostas inconsistentes sobre o que foi perguntado. Desconfiados de que poderia haver algum ilícito dentro do veículo, os PRFs realizaram buscas no interior e encontraram – em uma sacola plástica no assoalho – 5 kg de maconha.

Ao ser questionado sobre a procedência do entorpecente, o homem informou que trabalha como motorista de aplicativo e que havia sido contratado por um passageiro a transportar a droga até União dos Palmares, onde receberia R$ 400. Ele não soube informar o nome do indivíduo. Além disso, ao verificar os sistemas, os agentes constaram que o condutor já havia sido preso anteriormente por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão e ele foi encaminhado – junto ao material apreendido – à Central de Flagrantes para procedimentos cabíveis. Ele deverá responder por crime de tráfico de drogas, como previsto no artigo 33 da Lei das Drogas.

Fonte: Nucom PRF/AL

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *