Mulher é presa por desacato após agredir militares na orla de Ponta Verde

Uma enfermeira de 31 anos foi presa na noite deste domingo (2) após desacatar e xingar policiais militares em frente a uma barraca na orla de Pajuçara. Um vídeo registrado por populares mostra a acusada, visivelmente alterada, discutindo com militares da Radiopatrulha até o momento em que agride verbalmente com dedo em riste um deles e acaba detida.

O vídeo está sendo amplamente divulgado nas redes sociais. A confusão teria se iniciado com um garçom do estabelecimento. Militares do Ronda no Bairro foram acionados e uma equipe da RP passava pelo local e foi dar apoio. A acusada teria se mostrado ainda mais alterada. Uma jovem tenta argumentar com a acusada, mas não consegue contê-la.

Depois de detida, sob os aplausos dos presentes, a mulher foi levada para a Central de Flagrantes, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Segundo a autoridade policial, ela se recusou a falar durante o depoimento.

O Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren/AL), disse por meio da sua assessoria que como a acusada não estava no exercício da profissão, não vai se posicionar sobre o caso.

 

Veja Mais

3 Comentários

  • O desembargador também desacatou, ou seja, o pau que bate em Chico com certeza não bate em Francisco….

  • Alagoano says:

    Irei Simplificar!!!
    É uma maloqueira!!!

  • .. says:

    E um pais de inversão de valores , porque se fosse uma pessoa de outro nivel (de classe subalterna ) garanto que o tratamento não seria esse . com certeza ainda estaria preso , tinha sido humilhado na frente de todo mundo , e com toda certeza seria espancado também . Então e direitos iguais a todos ,e com certeza essa senhora deveria responder processo na justiça . não assinar um TCO .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *