Mourão critica ‘atitude colonialista’ de países em relação à Amazônia

Na 2ª Cúpula Presidencial do Pacto de Letícia pela Amazônia o presidente Jair Bolsonaro disse, por videoconferência, que o Brasil é criticado de maneira injusta por outros países que possuem interesse na região. O vice-presidente Hamilton Mourão reclamou de países que supostamente “se aproveitaram da crise” provocada pelo novo coronavírus para “avançar em interesses protecionistas e renovar atitudes colonialistas” contra o Brasil.

Bolsonaro citou que, em julho, o Brasil apresentou redução de 28% no desmatamento em relação a 2019 — dados preliminares do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) indicam, ainda, um aumento de 34,5% no acumulado de 12 meses.

O presidente também destacou os trabalhos da Operação Verde Brasil 2, executada pelas Forças Armadas no combate ao desmatamento na região. Além disso, prometeu que o país fará o “possível e o impossível” para proteger a região.

“Nossa política é de tolerância zero, não somente para o crime comum, mas também para a questão ambiental. Combater os ilícitos é essencial para a preservação da nossa Amazônia, mas não é tudo, temos que estimular também na região o desenvolvimento sustentável”, acrescentou o presidente na reunião com os presidentes de outros países amazônicos.

“Além da perda de patrimônio natural com os incêndios florestais em 2019, enfrentamos a uma intensa reação internacional contra o nosso governo. Isso nos confirmou que a preservação da Amazônia ocupa um lugar especial no imaginário ambiental do mundo moderno”, disse Mourão. “Pior foi a postura de alguns que se aproveitaram da crise para avançar em interesses protecionistas e renovar atitudes colonialistas”, afirmou em seguida.

“O protagonista do desenvolvimento sustentável na Amazônia será o setor privado, não o Estado”, acrescentou Mourão, que chefia o Conselho Nacional da Amazônia — ele também anunciou a recriação de uma comissão que envolve 15 ministérios a respeito da região. O decreto com a recriação da Comissão Nacional da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica, de 2002, foi publicado nesta terça no Diário Oficial da União pela Secretaria-Geral da Presidência da República.

Fonte: CNN Brasil

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *