Foragido desde o ano passado, acusado de estuprar menina de 9 anos é preso pela Deic

A Polícia Civil de Alagoas, por meio de agentes da Seção de Capturas prendeu, na tarde dessa quarta-feira (12), outro foragido da Justiça. A ação foi coordenada pelo delegado Gustavo Henrique, diretor da Divisão Especial de Investigação e Capturas (DEIC).

Desta vez, o trabalho resultou na prisão de um homem de 48 anos de idade pelo crime de estupro de vulnerável. Ele tinha mandado de prisão preventiva em aberto expedido pela 14ª Vara Criminal da Capital.

De acordo com a investigação presidida pela delegada Adriana Gusmão, da Delegacia dos Crimes contra Criança e o Adolescente da Capital (DCCCA), o homem, que teve a prisão decretada em junho de 2019, teria abusado sexualmente de uma criança de 9 anos de idade, fato ocorrido no dia 30 de março do ano passado na residência do infrator, no bairro do Tabuleiro do Martins, em Maceió.

“O trabalho investigativo da DCCCA ainda revelou que o autor se aproveitava das ocasiões em que a criança ia até sua casa para brincar com a filha dele, e quando ficava a sós com a vítima praticava com ela diversos atos libidinosos, destacando-se, inclusive, que o exame pericial demonstrou a existência de “ruptura himenal” na vítima”, disse o diretor da DEIC

Após o recebimento do mandado de prisão do caso, os agentes da Seção de Capturas procederam diligências e conseguiram prendê-lo na Avenida Jorge Montenegro de Barros, no bairro da Santa Amélia, na Capital.

“Parabenizo mais esse excelente trabalho realizado pelos agentes da Seção de Capturas da Especializada, que culminou com a prisão de acusado da prática de crime tão horrendo”, destacou o delegado.

Gustavo Henrique ainda afirmou que tem conduzido sua gestão à frente da DEIC enfatizando especialmente investigações destinadas ao desmantelamento de organizações criminosas e prisões de foragidos, especialmente perigosos e responsáveis por crimes graves como, no caso, o estupro, seguindo diretriz do secretário de Segurança Pública, Lima Júnior, e do delegado -geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira.

Após o cumprimento do mandado na sede da DEIC, o preso foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanece à disposição da Justiça.

Fonte: Ascom PC/AL

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *