Cia. Nêga Fulô faz leitura dramática do premiado espetáculo “Um teatro de cordel na feira do passarinho”

Leitura dramatizada será transmitida pelo Youtube e contará com a participação do ator, dramaturgo e professor Homero Cavalcante

A Companhia Teatral Nêga Fulô apresenta, neste sábado (22), a leitura dramatizada do espetáculo “Um Teatro De Cordel na feira do Passarinho”, do ator, diretor e dramaturgo alagoano Homero Cavalcante. Depois da leitura de “Torturas de um Coração”, em julho passado, a Companhia volta à cena com a participação do próprio autor em dois personagens. A apresentação acontecerá em uma transmissão ao vivo

Divulgação

Cia. Nêga Fulô faz leitura dramática do premiado espetáculo “Um teatro de cordel na feira do passarinho”

no canal Moab de Oliveira no YouTube, às 20h.

O elenco, composto por Régis de Souza, Diva Gonçalves, Alderir Souza, Moab de Oliveira, Delberto Santana, Marilane Miranda e o convidado especial Homero Cavalcante, encenará a história de uma madrinha que descobre que a afilhada comeu carne na sexta-feira santa e, como castigo, terá que se transformar em cachorra. Para evitar a tragédia, a madrinha procura um pároco, que foi batizar um gato.

O espetáculo “Um Teatro de Cordel na Feira do Passarinho” foi vencedor do 1º prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz, sendo o resultado de um processo de pesquisa da Companhia Teatral Nêga Fulô em cima de diversos textos de cordel do nordeste brasileiro, como também da paixão pelo teatro de rua, espaço propício para esse tipo de dramatização.

“Encontramos em Homero um porto seguro para a adaptação e criação desse espetáculo”, declara Regis de Souza, presidente e ator da Companhia, acrescentando ainda que o mesmo já possuía experiência em textos com a estrutura do cordel. “Além, é claro, de ele ser um grande incentivador da valorização dos costumes, elementos e ditos populares em Alagoas”, finaliza.

Adaptado dos folhetos de cordel: A PROPAGANDA DE UM MATUTO COM UM BALAIO DE MAXIXE (José Pacheco), O VENDEDOR DE ROLA ASSADA (Rodolfo C. Cavalcanti), O DIVÓRCIO DA CACHORRA (Arievaldo e Klevisson Viana), O VENDEDOR DE PIRIQUITO (Jotabê), e O BATIZADO DO GATO (Arievaldo Viana).

Fonte: Assessoria

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *