MP acompanha investigação sobre PM reformado acusado de atirar em três crianças

O Ministério Público Estadual confirmou na tarde deste sábado (12) que acompanha um caso absurdo de violência registrado na última quinta (10) na cidade de Senador Rui Palmeira, no sertão do estado. Três crianças, sendo dois irmãos de 10 e 11 anos, e um primo de 14 anos foram atingidos por disparos de arma de fogo, supostamente por estarem furtando sinal de internet. RELEMBRE AQUI.

As crianças estavam na porta de uma residência, jogando em seus celulares, quando o suspeito passou de carro por eles, deu marcha ré e efetuou os tiros contra os meninos. O menor de 14 anos segue internado com um projétil alojado no pulmão. O principal acusado no crime é um policial militar reformado, que estaria embriagado no momento do crime. Ele teria alegado que os meninos descobriram a sua senha e usavam a sua internet.

Em declaração enviada à imprensa, o promotor Fábio Bastos, que responde pela cidade, disse que o MP está acompanhado de perto o caso, pata atuar com firmeza, contudo, como o crime envolve criança, as investigações seguem em sigilo.O promotor salientou, ainda, que a identidade do suspeito não pode ser divulgada devido à Lei de Abuso de Autoridade.

Em vídeo que circula nas redes sociais é possível ver os três meninos feridos, em meio ao sangue, dentro da residência para onde correram, antes de receber atendimento hospitalar. O caso revoltou a população da cidade.

Veja Mais

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *