Militar reformado é preso acusado de cometer vários homicídios na região metropolitana

A Polícia Civil confirmou nesta quarta (16) a prisão de um policial militar reformado acusado de cometer vários homicídios nas cidades de Satuba, Santa Luzia do Norte e Coqueiro Seco, na região metropolitana da capital. A prisão ocorreu ontem e foi realizada por agentes da Deic e da Homicídios.

O militar reformado tinha mandado de prisão em aberto por homicídio, expedido pela 9ª Vara Criminal da Capital, em 18 de agosto deste ano. De acordo com os delegados Gustavo Henrique e Bruno Emílio, o militar, em companhia de mais cinco indivíduos, todos integrantes de uma organização criminosa que comanda o tráfico de drogas na região, mataram Cliciano Pereira da Silva e tentaram contra a vida de outro homem, inclusive cortando a sua mão.

Para vingar morte, família mata um e decepa a mão de outro em Maceió

O delegado relatou ainda que a motivação do crime teria sido vingança, decorrente do assassinato de Adevan Brandão da Costa, o qual teria sido praticado pelo pai da vítima fatal e irmão da vítima sobrevivente, pouco tempo antes. “O policial militar possui extensa ficha criminal, com antecedentes por porte ilegal de arma de fogo, tentativa de homicídio, o antigo crime de quadrilha e homicídio”.

Após a captura, o preso foi levado para a sede da DEIC, onde foi formalizado o cumprimento do mandado de prisão e, após, encaminhado ao sistema prisional do estado, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Veja Mais

2 Comentários

  • Josuel Oliveira says:

    A briosa Polícia Militar de Alagoas é, na verdade, uma fábrica de produzir criminosos.

  • Marcos says:

    Meu caro, qual o setor da sociedade que não tem bandido? a Polícia Militar não tem culpa de vc ser um criminoso, na vdd isso depende do caráter de cada pessoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *