Lenilda Luna inicia campanha à Prefeitura de Maceió na Vila Emater

Assessoria

Neste domingo, 27, a jornalista Lenilda Luna iniciou sua campanha eleitoral para a prefeitura de Maceió, pela Unidade Popular (UP). A Vila Emater foi o local escolhido para o lançamento do programa “Maceió com o povo no poder”, por ser a comunidade onde vive a sua co-prefeita, Vânia Gomes, catadora de materiais recicláveis e uma das lideranças nacionais do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR) e da luta pela moradia digna na capital alagoana.

As duas deram início a uma série de visita às ruas de Maceió, passando por cada bairro e grota da cidade.

“Vamos conversar com as pessoas que trabalham duro para sustentar suas famílias e merecem uma cidade melhor, uma Maceió com o povo no poder”, ressaltou Lenilda.

A pré-campanha de Lenilda e Vânia foi realizada de forma coletiva, a partir de diálogos realizados em 10 encontros com a população da cidade. Deles foram construídas as “80 propostas para Maceió”, programa de governo que já está disponibilizado ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

A partir das 18h, em comemoração ao Dia Mundial do Turismo, Lenilda ainda participa de uma live com a graduanda em Gestão de Turismo, Madlene Delfino, onde irá abordar os desafios da capital alagoana na área. A transmissão será realizada por meio do Instagram @lenildaluna.

PERFIL DE LENILDA LUNA

A jornalista e funcionária pública, Lenilda Luna, 53 anos, iniciou sua atuação profissional nos movimentos sociais nos grupos de jovens da Igreja Católica, nos anos 80, e depois passou a atuar nos movimentos sociais, especialmente como educadora popular em Sindicatos de Trabalhadores Rurais, em Alagoas e no Sul da Bahia, onde trabalhou no Centro de Educação e Cultura do Trabalhador Rural e na Central Única dos Trabalhadores (Regional Cacaueira), por cerca de seis anos.

De volta a Alagoas, em 1994, Lenilda atuou como pedagoga na Educação de Jovens e Adultos, foi presidente da comissão eleitoral da primeira eleição direta para diretores das Escolas Municipais de Maceió, foi coordenadora pedagógica das Escolas Municipais Zumbi dos Palmares (Clima Bom) e Hermínio Cardoso (Fernão Velho). Logo depois foi diretora da Educativa FM; concursada em primeiro lugar para ocupar o cargo de jornalista na Universidade Federal de Alagoas, em 2004, e repórter de TV entre 1996 a 2014, cobrindo casos emblemáticos, como o Caso PC Farias, Gangue Fardada, CPI do Narcotráfico, entre outros. Atualmente ela faz parte do Movimento de Mulheres Olga Benário, do Movimento Luta de Classes e do coletivo sindical da Ufal Resistir e Lutar

Fonte: Assessoria

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *