Sete condutores são presos por diversos crimes em rodovias de Alagoas

PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, no domingo, 27, pelo menos sete pessoas por diversos crimes. Os casos aconteceram nas BRs 316, 101 e 424.

O primeiro caso aconteceu no fim da manhã de ontem (27) no quilômetro 260 da BR 316, no município de Pilar/AL quando o condutor de uma motocicleta Honda Pop, de cor branca, foi abordado após os policiais perceberem um volume envolto a sua camisa. Na revista, os agentes descobriram que se tratava de uma gaiola com um pássaro conhecido popularmente como papa-capim.  A ave silvestre não apresentava anilha e conforme apurado já estava em cativeiro há bastante tempo. Diante dos fatos, o homem assinou o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), após se comprometer a comparecer em Juízo. Ele vai responder por crime ambiental.

Já por volta das 12h20, o condutor de um veículo de carga foi flagrado com três comprimidos  da substância anfetamina, Nobésio. O caminhão – que  transportava cenouras de Aracaju/SE para Natal/RN – passava pelo km 205 da BR 101, em São Sebastião quando foi abordados pelos PRFs. Após a constatação dos fatos, a droga foi apreendida e o condutor assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) se comprometendo a comparecer em juízo quando for convocado. Ele vai responder por porte de drogas para consumo (art. 28 da lei de drogas).

Ainda na tarde de ontem (27), os agentes realizavam uma fiscalização por volta as 16 horas em São Miguel dos Campos quando abordaram um caminhão trator SCANIA/R 444, cor branca. O motorista informou que transportava dentro da cabine uma cartela com seis comprimidos de Nobésio, conhecido “rebite”. Os policiais descobriram que  o condutor chegou a dirigir por diversas horas ininterruptas, conforme disco do tacógrafo.

O caminhão tinha saído de São João Batista/SC e seguia para Recife/PE onde iria entregar a carga de calçados transportada. Com o flagrante, o motorista  assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) se comprometendo a comparecer em juízo quando for convocado.

Poucos minutos depois, no km 35 da BR 316, em Canapi/AL, uma equipe realizava fiscalização quando avistou um veículo Honda/Cg 125, de cor preta, sem placa. Após a abordagem, o condutor informou que comprou o carro a um morador na cidade.

Em consultas ao sistemas, foi constatado que o veículo apresentava queixa de roubo/furto. Diante dos fatos, o homem preso e encaminhado à Delegacia de Delmiro Gouveia, para os procedimentos cabíveis. Ele vai responder por receptação culposa.

Por volta das 21 horas, em São Miguel dos Campos, os agentes pararam um caminhão Vw/24.250 Clc, cor branca, durante fiscalização. Na revista, o caminhoneiro confessou que fez uso de anfetamina e os policiais encontraram dentro de um recipiente de plástico alguns comprimidos de Nobésio.

A droga foi apreendida e o condutor assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) se comprometendo a comparecer em juízo quando for convocado.

Pouco tempo depois, por volta das 21h40, uma equipe realizava fiscalização no km 106 da BR 424, em Marechal Deodoro/AL, quando avistaram um veículo Vw/Gol 1.0, de cor vermelha. Após a abordagem, os policiais perceberam que o homem apresentava sinais de embriaguez.

Ele foi submetido ao exame de alcoolemia, resultando um teor de 1.03 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao homem e encaminhado à Central de Flagrantes, para procedimentos cabíveis. Ele vai responder pelo crime de embriaguez ao volante (art. 306 do CTB).

A última ocorrência aconteceu por volta das 22 horas quando os PRF’s fiscalizavam o km 188 da BR 101, e abordaram uma motocicleta HONDA/CG 150, com um ocupante sem capacete.

O homem apresentava sinais de embriaguez, sendo submetido ao exame de alcoolemia, que resultou o teor de 1.07 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. Diante dos fatos, o condutor foi encaminhado para a Delegacia de polícia da região para procedimentos cabíveis.

 

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *