LGBT tem casa invadida e é assassinado com tiro no rosto

Google Maps

Bairro Canaã

Mais um LGBT foi assassinado na capital alagoana. O crime ocorreu na tarde desta segunda (28), mas os detalhes da ocorrência só foram repassados à imprensa na manhã de hoje, no relatório do Centro Integrado de Operações da Segurança Públicao (Ciosp).

A vítima, identificada como Mychael Douglas Fontes da Silva Souza, de 24 anos, conhecido como Martito, morreu após ser alvejado por volta das 14h20 com um tiro no rosto enquanto dormia na sua residência, localizada em uma rua sem saída, no bairro do Canaã.

De acordo com informações apuradas pelo Alagoas 24 horas, Martito havia chegado em casa no começo da manhã desta segunda, depois de passar a noite em uma casa de shows no bairro de Jaraguá. A vítima teria chegado em casa e deitado, sem sequer trancar a porta. A mãe da vítima reside no mesmo imóvel, no pavimento superior.

Um homem encapuzado, em uma cinquentinha, entrou no local e cometeu o crime, fugindo em seguida. Agora, caberá à Delegacia de Homicídios determinar se o crime teve motivação homofóbica ou com o tráfico de drogas, uma vez que a vítima seria dependente química.

 

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *