Avaí interrompe sequência de vitórias do CSA na Série B

Os dois times vinham embalados por duas vitórias e tinham a chance de encostar ainda mais no G4

Em um confronto de dois times embalados por duas vitórias seguidas, Avaí e CSA não conseguiram emplacar a trinca ao empatarem por 1 a 1 na noite desta terça-feira, no Estádio da Ressacada, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Avaí saltou para a quinta colocação, com 23 pontos, três a menos que o América-MG, primeiro do G4. Já o CSA, que tem um jogo a menos, tem 20 e é o nono colocado. Ambos devem perder posições até o encerramento da rodada.
Momentos antes da bola rolar, o Avaí comunicou que quatro jogadores testaram positivo para Covid-19: Jean Martim, Eduardo Kunde, Leandrinho e Jonatham. Os três primeiros, inclusive, estavam relacionados pelo técnico Geninho.

LÁ E CÁ
A partida começou movimentada e o CSA surpreendeu logo aos nove minutos. Nadson cobrou escanteio e Luciano Castán cabeceou firme. Lucas Frigeri ainda tocou na bola, mas não o bastante para evitar o gol. A resposta do Avaí veio em chute de Gastón Rodriguez rente a trave.

O CSA voltou a assustar em falta rasteira cobrada por Rafinha. Lucas Frigeri espalmou pela linha de fundo. E o jogo era lá e cá. Aos 28, Alan Costa subiu mais que todo mundo em cobrança de escanteio e cabeceou para fora. A bola saiu tirando tinta da trave.

O merecido gol de empate do Avaí veio no fim do primeiro tempo, aos 39 minutos. Iury cruzou, Rômulo desviou e Getúlio apareceu na segunda trave para completar de cabeça.

SEM GOLS
A etapa final não começou tão movimentada como o primeiro tempo, tanto que a primeira chance veio apenas aos 13 minutos.

Ralf cruzou e Gastón Rodriguez por muito pouco não desviou. O CSA não conseguiu manter o ritmo e assistia ao toque de bola do Avaí.

DEMOROU MUITO
O time alagoano só foi chegar com perigo no segundo tempo aos 27 minutos. Paulo Sérgio recebeu nas costas da defesa e tentou por cobertura de Lucas Frigeri, mas o toque saiu fraco e Alan Costa tirou sem maiores problemas. Na sequência, Gastón Rodriguez chutou cruzado e ninguém completou.

Aos 42, Vinícius Jaú passou pela marcação e, mesmo sem ângulo, arriscou para o gol. Matheus Mendes defendeu em dois tempos. No último lance do jogo, Valdívia cobrou falta e Ronaldo cabeceou. O goleiro do CSA deu um leve desvio na bola, que ainda bateu na trave.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira, às 19h15, pela 17ª rodada. O Avaí enfrenta o Juventude, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, e o CSA recebe o Botafogo, no Rei Pelé, em Maceió.

Fonte: AFI

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *