Familiares de jovem encontrado em cisterna queimam pneus em protesto por ‘justiça’

Divulgação

Familiares de um jovem encontrado morto dentro de uma cisterna situada na zona rural do município de Palmeira dos Índios interditaram, na manhã desta quarta-feira (14), um trecho da AL-115 próximo ao conjunto Brivaldo Medeiros em ato para reivindicar justiça pela vítima.

Informações do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas( CBM/AL) apontam que pneus e galhos de árvores foram queimados no local, interrompendo o tráfego de veículos na via. Após negociação junto à PM, a guarnição do CBM conseguiu debelar o fogo e a pista foi liberada.

Motivo de protesto

Os protestos foram direcionados para pedidos de justiça após a morte do jovem Tauan, de apenas 14 anos. Ele foi encontrado morto em uma cisterna situada no sítio São José de Baixo, na zona rural do município de Palmeira dos Índios.

Populares teriam retirado o menor da cisterna ainda com vida e acionaram a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros e equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas o jovem não resistiu e veio a óbito.

Na ocasião, o Instituto Médico Legal (IML) e o Instituto de Criminalística (IC) também foram acionados.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *