Mulher escapa de ser prensada por carro momentos antes de fazer prova de vida em banco

Câmera de segurança registrou o acidente em Porto Feliz. Veículo com dois ocupantes parou no muro de um prédio.

Arquivo pessoal

Moradora quase foi atropelada em Porto Feliz

Se na expressão popular a vida é “por um fio”, a da comerciante Beatriz da Rocha Almeida, de 55 anos, foi por centímetros. A pedestre quase foi atropelada e escapou de ser prensada por um carro, na tarde de quarta-feira (14), em Porto Feliz (SP).

Ao G1, Beatriz contou que estava a caminho do banco para fazer prova de vida para a pensão devido à morte do marido, quando escutou o barulho e se deparou com a batida do carro no portão de um prédio à frente na avenida José Maurino.

“Foi um livramento. Naquele momento, não veio nada na cabeça. Pouco antes [do acidente] eu me lembrei de outro acidente, naquele mesmo lugar, quando eu caí de um carro há 10 anos. Eu estava no carro de um ex-namorado e a porta do carro abriu. Caí no asfalto e me machuquei toda, lembra.

Um vídeo registrou o momento em que a pedestre estava caminhando quando o carro aparentemente sem freio desceu pela avenida e quase a atingiu. O motorista conseguiu desviar de outro veículo e da mulher.

“Por ironia do destino, eu estava indo ao banco para fazer prova de vida do benefício que eu recebo de pensão por morte.”

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o motorista e uma mulher que estava no banco do passageiro tiveram ferimentos leves. O condutor esperou no local até a chegada do resgate.

O vídeo viralizou pelos aplicativos de mensagem e nas redes sociais. Segundo Beatriz, os compartilhamentos geraram uma onda de preocupação de amigos e parentes.

“Tenho que agradecer por mais uma vez Deus me livrar de algo muito ruim. Estou muito feliz de estar aqui com a minha família.”

Reprodução

Acidente

Fonte: G1 Sorocaba e Jundiaí

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *